Abono salarial PIS/Pasep deve ser pago em dobro no ano que vem

O abono salarial PIS/Pasep pode ser pago em dobro no ano de 2022. A razão do pagamento duplicado é que o Ministério da Cidadania não fez o pagamento do ano base de 2020 em 2021, como seria o tradicional de ser realizado. O motivo da prorrogação para 2022 em relação a 2020 é em relação à falta de verbas devido ao fornecimento do auxílio emergencial que está injetando mais de R$ 9 bilhões na economia todos os meses

Os trabalhadores que recebem até dois salários mínimos, podem receber até R$ 1100 do abono, que é um salário mínimo. O valor recebido é proporcional à quantidade de meses que foram trabalhados, faz-se a seguinte conta: 1100 / 12 = Y –> Y x (quantidade de meses trabalhados). 

Vale ressaltar, contudo, que se o Ministério da Cidadania realmente aumentar o valor do Bolsa Família em 50% como foi prometido neste ano, o abono salarial PIS/Pasep pode ser cancelado permanentemente e os R$ 30 bilhões que são destinados a ele serão enviados ao BF. 

O Bolsa Família deve aumentar em 50% neste ano, logo após a finalização do auxílio emergencial no mês de outubro junto ao término das 3 parcelas que foram prorrogadas a mais. O valor pago pelo auxílio emergencial está em torno de R$ 150 até R$ 375, abaixo da linha da pobreza que foi determinada pelo IBGE. 

Pagamento do ano base de 2020 e 2021 somente em 2022

- Continua Depois da Publicidade -

É estimado que haja o pagamento do ano base de 2020 e de 2021 somente no ano de 2022. Dessa forma, os trabalhadores que trabalharam durante 24 meses neste tempo, poderão receber o teto máximo que será de R$ 2200. 

Quem atua como MEI, microempreendedor individual, ou possui empresas de qualquer outro porte, não tem direito de receber porque não se encaixa na categoria de CLT ou de servidor público. Contudo, os funcionários destas empresas têm direito ao programa. Para isso, basta ir até à Caixa com o Cartão Cidadão. 

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui