Auxílio Brasil pode ser pago em dobro em dezembro: veja requisitos

O Auxílio Brasil pode ser pago em dobro no mês de dezembro deste ano. No entanto, para que isso aconteça, é necessário que o Governo Federal em parceria com o Senado e Câmara de Deputados aprovem a PEC dos Precatórios, que prevê a retirada de uma parte do dinheiro público para o pagamento de programas sociais. Deste modo, pode sair de um simples reajuste de 20% sobre o que até então era pago pelo Bolsa Família, de R$ 190 para R$ 220, para cerca de R$ 400 até o final do ano de 2022, quando ocorrem as eleições. 

Vale salientar que as expectativas para o pagamento em dobro estão previstas somente até o ano de 2022. Depois disso, o valor deve voltar a diminuir. A PEC dos Precatórios, de acordo com Jair Bolsonaro, também pode aumentar o salário de policiais e de outros servidores públicos voltados para o ramo de segurança. 

E se a PEC não for aprovada?

Se a PEC dos Precatórios não for aprovada até dezembro, o Auxílio Brasil pode continuar com o mesmo valor que o atual. Ou seja, apenas com um reajuste de 20%. Cada família tende a receber, devido a isso, uma parcela diferente. 

Auxílio Emergencial continua sendo pago em dezembro?

Entre novembro e dezembro, o Caixa TEM deve pagar novas parcelas aos beneficiários do auxílio emergencial que, durante algum momento do ano, tiveram o programa cancelado devido a falhas no sistema. O valor pago também varia de acordo com as estruturas familiares, sendo de R$ 150 para os grupos de pessoas que moram sozinhas, R$ 250 para os grupos de pessoas que moram em duas ou mais e de R$ 375 para as mulheres solteiras e com filhos abaixo da maioridade. 

Daiane Souza
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui