Auxílio Brasil tem corte de valores e não será de R$ 400, veja novo reajuste

De acordo com o FDR, o governo federal pode voltar atrás no valor do novo Auxílio Brasil que estava previsto para ser de R$ 400 no mês de novembro somente para os inscritos no Cadastro Único. Dessa forma, para que consigam adequar ao teto de gastos, o valor médio que pode ser distribuído aos brasileiros é de R$ 230. 

Arthur Lira, atual presidente da Câmara, vinha alertando o Ministério da Economia, liderado por Paulo Guedes, sobre o teto de gastos para o ano de 2021 e o aumento das dívidas públicas do governo, que chegou a R$ 5,4 trilhões. 

Guedes, também vinha criticando o aumento do programa desde setembro, quando disse que alguns beneficiários se sentiram ricos com o auxílio emergencial ao ponto de comprarem geladeiras e até mesmo a casa própria. 

O aumento do programa vem sendo decisivo para o presidente da República, Jair Bolsonaro, que vem tendo uma diminuição da popularidade. De acordo com uma pesquisa publicada no final de outubro pelo Poder Data, as taxas de rejeição em zonas periféricas estavam na faixa de 56%. Mas, mesmo assim, Jair conseguiria ter um bom desempenho para as eleições no próximo ano com a região Sul e Norte. 

Como saber se estou inscrito no Cadastro Único e se vou receber no Auxílio Brasil?

Como dito anteriormente, o Auxílio Brasil será pago somente para os grupos de pessoas que estão cadastradas no Cad Único. Caso contrário, não poderão ser beneficiadas com o novo programa social. Inclusive, é estimado que mais de 22 milhões de brasileiros sejam excluídos neste mês. 

Para saber se está tudo em dia com a inscrição, basta acessar o site do Cadastro Único, adicionar  os dados solicitados e clicar em EMITIR CERTIFICADO. Caso não consiga realizar a emissão do certificado, é necessário ir até um CRAS do município. 

Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui