Auxílio emergencial: quais os impactos dele na inflação de maio?

O auxílio emergencial causa inúmeros impactos na economia, principalmente na inflação acumulada que já se encontra na faixa de 6% nos últimos meses. 

Ainda não ficou claro sobre os impactos dele na inflação de maio. Mas, no ano de 2020, foram mais de R$ 44 bilhões acima do tradicional que estavam em circulação, valor este que fez com que o Ministério da Economia decidisse imprimir as notas de R$ 200.

A UFMG argumenta que o auxílio emergencial impediu que o PIB de 2020 caísse em mais de 8% e tivesse a retração de apenas 4,1%. No entanto, outros grupos de analistas argumentam que o auxílio emergencial aumentou a inflação (por ter muito dinheiro em circulação), desvalorizou o real e fez com que o dólar aumentasse.

Com o aumento do dólar, o preço dos combustíveis também subiu e na maioria dos estados está acima de R$ 5. Isso fez com que os caminhoneiros sentissem a insatisfação na pele e ameaçassem o governo de greve no primeiro dia de fevereiro.

Auxílio emergencial pode elevar preços

- Continua Depois da Publicidade -

Com mais dinheiro em circulação, a inflação aumenta e isso faz com que os preços tenham altas. Essa pode ter sido uma das causas do auxílio emergencial no ano de 2021 e de 2020.

Enquanto isso, grupos de esquerda estão se juntando em protestos para que haja o fornecimento de um apoio no valor de R$ 600. A situação pode ser como uma roleta russa ou algo que parece ser benéfico mas pode influenciar nos preços do dólar.

O dólar teve quedas justamente porque a COPOM realizou mudanças da taxa Selic. Dessa forma, com os bancos cobrando mais juros, consegue-se controlar ainda mais o dinheiro em circulação e diminui a inflação.

A taxa Selic de 2021 saiu de 2% para 3,5% e deve ter novos aumentos, chegando na faixa de 5,5% até o mês de dezembro de 2021. Em 2022, a taxa deve ir para 6,2% em média ou um pouco mais que isso. Esse é o primeiro aumento da Taxa Selic durante o governo do presidente Bolsonaro.

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui