Auxílio Emergencial teve um novo depósito no Caixa TEM

Na última sexta-feira (03), o Caixa TEM realizou novos depósitos do Auxílio Emergencial para os grupos que deixaram de receber as parcelas anteriores mas que tinham direito. Ou seja: que o programa foi contestado após o cancelamento. Ao todo, é estimado que mais de 11 mil brasileiros tenham recebido o valor que estava em atraso. Vale salientar que, para aqueles que receberam as sete parcelas durante o ano de 2021 ou que não foram aprovados no contestamento, não houve nenhum depósito.

Neste mês, o Ministério da Cidadania também entrou em contato com os beneficiários que receberam de forma indevida para que realizem a devolução do programa. O valor a ser devolvido deve ser pago através da emissão de uma DARF no site oficial da Cidadania, para isso, basta informar se já foi beneficiário do Bolsa Família e outros dados como o CPF (Cadastro de Pessoa Física). 

Quais os requisitos para receber o auxílio emergencial?

Todos que descumprirem com ao menos um dos requisitos abaixo, não tinham direito ao auxílio emergencial durante o ano de 2021 e 2020. Por isso, devem fazer a devolução do programa através do site do Ministério da Cidadania. Veja: 

  • Ter a renda mensal inferior a R$ 550 por pessoa e de R$ 3300 por grupo. 
  • Não estar atuando com carteira assinada ou com qualquer vínculo de emprego formal. Ser MEI, microempreendedor individual, autônomo ou desempregado. 
  • Não ter declarado o imposto de renda durante o ano de 2019 e ter bens com o valor que seja inferior a R$ 300 mil. 

O programa foi cancelado de forma definitiva?

Sim! O Auxílio Emergencial foi cancelado de forma definitiva. Por isso, aqueles que ainda não conseguiram um emprego formal ou estão com a renda abaixo de R$ 550 por mês, devem se inscrever no Cadastro Único para ser beneficiado com o Auxílio Brasil, que surgiu como uma forma de substituir o Bolsa Família e tem um reajuste de 20%. 

Daiane Souza
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui