Cadastro Único: como fazer e quais as vantagens?

O CadÚnico é um artifício governamental de identificação das famílias brasileiras que geram uma renda mensal per capita de no máximo meio salário mínimo, ou renda familiar de até três salários mínimos.

Então, por meio do cadastro único, o governo acessa informações dos membros familiares. Dados como, trabalho, renda e grau de escolaridade são disponíveis ao acesso.

De tempos em tempos, agentes do município visitam famílias que se enquadram no perfil de benefício do CadÚnico para cadastrá-los. Mas, existem outras maneiras de conseguir se registrar no sistema de programas sociais do governo. 

Como fazer o CadÚnico

Indivíduos ou famílias que geram as rendas mencionadas anteriormente,  devem procurar um Centro de Referência em Assistência Social no município em que residem e resolver os trâmites para cadastro. É obrigatório ter uma pessoa do núcleo familiar, de preferência um responsável, que responda às perguntas. 

- Continua Depois da Publicidade -

Essa pessoa precisa residir no mesmo local que todos daquela família e ter pelo menos dezesseis anos de idade, confirmando isso com seu documento de CPF ou título eleitoral. Caso a família ou pessoa em questão sejam indígenas ou quilombolas, dos seguintes documentos de identificação, ao menos um deve ser apresentado: certidão de nascimento ou certidão de casamento; CPF ou RG; Certidão administrativa de nascimento do indígena (RANI);  Carteira de trabalho ou título de eleitor.

Ter um comprovante de endereço não é obrigatório, mas ajuda na integração do endereço ao documento

Por fim, vale reforçar a ideia de manter os dados constantemente atualizados para evitar qualquer complicação.  Portanto, a partir do momento que ocorrer qualquer mudança no núcleo familiar desde o último CadÚnico, o responsável pela família deve se dirigir até o Cras e atualizar as informações.

Vantagens para quem está cadastrado.

Portanto, existem muitos benefícios possíveis para aqueles que se cadastram nesta ação federal. Como: água para todos, aposentadoria para baixa renda, auxílio emergencial, carta social, documento do idoso, passe livre para deficientes e jovens adolescentes e telefone popular. Mas na lista disponibilizada pela caixa econômica federal estão listadas todas as vantagens em ter CadÚnico.

 
Gustavo Pennahttps://otrabalhador.com/
Sou Gustavo Penna, tenho 21 anos e sou redator criativo, Copywriter e estudante da UFRJ.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui