Caminhoneiros não irão se reunir no dia 07 de setembro para pedir voto impresso

Há um áudio circulando no Whatsapp com a duração pouco maior de três minutos que argumenta que os caminhoneiros irão se reunir no dia 07 de setembro por cerca de 72 horas para pedir o voto impresso para as eleições no ano de 2022. Amanhã (07) há o feriado de independência no Brasil. No entanto, vale ressaltar que esse áudio  é uma notícia falsa. 

É estimado que os caminhoneiros se reúnam a partir do dia 07 para protestar em relação ao preço do diesel e dos combustíveis: eles foram uma das categorias mais afetadas. 

No entanto, críticos argumentam que há a possibilidade da greve não ter a aderência de todos os públicos e também não se sabe ao certo quando deve terminar e quais são as consequências: no começo de fevereiro deste ano, houve uma tentativa de greve que não teve aderência e protestava o aumento dos combustíveis. 

A falta de pessoas interessadas na greve e nas manifestações no  feriado ocorre porque uma grande parcela desse público ainda defende o governo atual e a forma como vem lidando com a pandemia da Covid-19. 

- Continua Depois da Publicidade -

No áudio que está circulando nas redes sociais, a mulher  argumenta que essa é uma das últimas chances de impedir que o Brasil não se torne uma Venezuela e que os brasileiros morram de fome. Recentemente, dados do PIB do segundo trimestre no ano de 2021 foram divulgados e houve a queda de 0,1%, sendo um dos setores mais prejudicados a indústria e também o agronegócio. 

A inflação brasileira acumulada está em 8,99% de acordo com os dados referentes ao mês de julho. Além disso, a dívida pública brasileira alcançou a faixa de R$ 5,4 trilhões, cerca de 80% de todo o PIB, produto interno bruto. É estimado que a inflação no ano de 2021 termine na faixa de 7%. Atualmente, a porcentagem está entre as três maiores que nas últimas duas décadas. 

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui