Cadastro Único: como posso fazer o meu?

O Cadastro Único é um projeto do governo federal criado com o objetivo de identificar famílias em situações de vulnerabilidade; em especial as de baixa renda; de forma a que diversas medidas de assistência social possam ser postas em prática com o objetivo de ajudá-las adequadamente, como por exemplo as suas inscrições no Bolsa Família – a mais famosa delas.

Por meio do Cadastro Único (ou CadÚnico, como também é conhecido), o governo tem acesso aos dados de cada membro de uma família (ou cidadão individual), como: escolaridade, renda, ocupação, idade, estado civil, local de residência, ente outras informações a partir das quais torna-se possível oferecer-lhes auxílios escolares, alimentares, moradia, bolsas de estudos, auxílio médico, entre outros benefícios.

Leia também: Cadastro Único: quais os benefícios de inscrever-se nele?

E como é feito esse Cadastro Único?

Os critérios exigidos pelo governo para que um indivíduo possa inscrever-se no Cadastro Único são: Ser membro de família com renda mensal inferior a R$3,3 mil reais, ou ser membro de uma família cuja renda por pessoa não ultrapasse os R$522,00, ou mesmo ser morador de rua ou alguém que necessite do CadÚnico para outros serviços.

- Continua Depois da Publicidade -

E para cadastrar-se, basta que um membro da família (maior de 16 anos, e de preferência mulher) dirija-se a um posto do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou a qualquer outro representante autorizado na cidade, munido dos seguintes documentos: Certidão de Nascimento, RG, CPF, Título de Eleitor, Certidão de Casamento (se houver), Carteira de Trabalho (se houver), além do Registro Administrativo de Nascimento Indígena – RANI (para os que se enquadrarem nessa condição).

Feito isso, basta acompanhar a sua solicitação por meio do aplicativo “Meu CadÚnico”, ou mesmo na página do centro de referência; momento esse no qual você também poderá aproveitar para atualizar as informações fornecidas durante o cadastro, ou então acrescentar aquelas que poderão facilitar a aprovação, como certidões escolares, informes de rendimentos, comprovantes de endereço, entre outros.

Leia também: Cadastro Único: como fazer e quais as vantagens?

3/5 - (2 votes)
3/5 - (2 votes)
 
Vivaldo Pereirahttps://otrabalhador.com/
Poeta e ensaísta, um autodidata, com 3 livros publicados, participação em uma antologia poética, certificação em produção de conteúdo para web e copywriting pela plataforma Rock Content, além de muito amor e respeito pela arte de escrever

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

1 Comentário

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui