Conta de luz vai subir! Entenda como funciona a bandeira vermelha de maio

O mês de maio é marcado sempre pela bandeira vermelha. Há maior gasto de energia de toda a população pelos mais variados motivos: a necessidade de água quente nos chuveiros e torneiras e também a necessidade de manter luzes ligadas desde mais cedo visto que a escurece por volta de 6h30 no Sul. A conta de luz virá mais alta. 

A tarifa da Aneel deve subir cerca de R$4,169 a cada 100 kWH (quilowatt-hora). Outro ponto, segundo a agência, que gasta mais que os outros meses é que é um período seco. Os rios e usinas hidrelétricas estão mais secas e há mais escassez. 

Neste ponto, reforça-se a necessidade de meios alternativos para a produção de energia, como é o caso da eólica que é renovável. Há ainda a solar, que é uma das mais sustentáveis no momento. Para usar a energia solar, basta que o cidadão coloque as placas em um local que tem a incidência de luz solar e, com o decorrer do dia, será armazenada a energia. 

Segundo o órgão, o mês de abril também foi negativo para a produção de energia elétrica através da água visto que também foi um mês seco e com poucas chuvas. 

- Continua Depois da Publicidade -

Os aumentos, entretanto, devem variar de acordo com cada região brasileira. Em alguns locais há mais escassez que em outros. 

Aumentos além da conta de luz

Além do aumento da conta de luz, está havendo aumento no preço dos alimentos devido à alta inflação. O Banco Central já investiga em formas de controlar a situação através da taxa Selic que saiu de 2% para 3,5% neste ano. O intuito dos analistas é avançar a porcentagem para 5,5% ano ano. Os impactos já foram sentidos desde o começo: o dólar saiu da faixa de R$ 5,7 para R$ 5,2. 

Como consequência, a moeda brasileira passou a ser mais valorizada, o que foi positivo para aqueles que trabalham com importação. As peças de hardware são as que mais aumentaram: a série RTX 3000 teve aumentos de 85%. 

Até mesmo opções mais antigas e que são de entrada tiveram aumentos expressivos, como foi o caso da RX 6900XT OC

 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

1 Comentário

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui