Debêntures: o que são, vale a pena e como investir

Os Debêntures possuem o objetivo semelhante ao CDB (que os bancos usam para captar recursos). Neste caso, entretanto, são voltados para as corretoras e outras instituições financeiras.

A promessa é que o rendimento é maior que outros títulos de renda fixa, no entanto, não funciona bem assim: existem LCIs, LCAs, CRIs, CRAs e até mesmo CDBs que contam com imposto de renda que possuem mais rendimentos em alguns casos. Portanto, o melhor a se fazer antes de aplicar qualquer dinheiro, é ter certeza sobre uma previsão do que vai ter daqui há anos também nos concorrentes. 

E, ainda por cima, vale a pena ressaltar que, além de muitas vezes não renderam tanto quanto se imagina, o investidor não tem as garantias do  Fundo de Garantia para investimentos acima de R$ 250 mil. Então, se por algum motivo a instituição quebrar neste tempo que o dinheiro fica trancado sem permissão para resgate, o indivíduo não consegue recuperar. 

Qual o valor para começar a investir?

Cada debêntures conta com um valor inicial para começar a investir: no entanto, a média de aplicação exigida é de R$ 1 mil. Existem alternativas que pedem até R$ 50 mil como valor mínimo para começar a aplicar. Antes de colocar o seu dinheiro, também é importante se certificar dos riscos – existem os mais leves, com menos rendimento, e os mais robustos, que costumam ter rendimentos mais expressivos. 

Vale a pena?

Ao analisar os rendimentos no ano de 2021, mesmo com a alteração da taxa Selic, está sendo mais rentável aplicar o valor em LCI, LCA com o mesmo risco que o debêntures, mas que são garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito.  É possível encontrar alternativas que rendem cerca de 12% ao ano sem imposto de renda para investidores mais liberais e não conservadores. 

Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui