ENEM 2021: quem está no CadÚnico não paga taxas para prova

Ontem (17), o INEP abriu as inscrições para o ENEM juntamente com a solicitação para a isenção das cobranças de taxa. O período também permite que aqueles que faltaram na prova do Enem 2020, que foi realizada em janeiro deste ano, justifiquem a falta.

A abertura das solicitações ocorreu mas ainda não informaram quando deve ser realizada a prova. Mas, acredita-se que ocorrerá no mesmo mês que nos anos anteriores e que não terão atrasos como da última vez. 

Para solicitar a isenção da taxa, o usuário deve cumprir com um dos requisitos abaixo:

  • Estar no terceiro ano do ensino médio e prestes a entrar em uma universidade;
  • Ter sido cadastrado no Cadastro Único, CADÚNICO;
  • Ter estudado em escola pública no ensino médio (informar qual a instituição). 

Todos aqueles que estão cadastrados no Cadastro Único do governo (geralmente quem recebe o Bolsa Família ou outros benefícios sociais), não precisam realizar o pagamento da taxa e isso é garantido por lei. 

- Continua Depois da Publicidade -

Vale ressaltar também que os estudantes que estão em escola pública mas que se encontram no segundo ano, não podem solicitar a isenção e terão que realizar o pagamento como treineiros. 

Leia mais: Bolsa Família diminuí beneficiários e Comissão cobra explicações

Onde usar minha nota do Enem?

A nota do ENEM pode ser utilizada tanto para entrar em universidades privadas quanto públicas. 

A primeira opção é o FIES que é o Fundo de Financiamento Estudantil. Ele serve para os alunos que não possuem condições de pagar por uma faculdade e precisam financiar. Dessa forma, começam a realizar os pagamentos parcelados depois de formados e com juros mais baixos que um financiamento tradicional. 

- Continua Depois da Publicidade -

Outra alternativa é o SISU que acontece sempre depois da liberação das notas do respectivo ENEM e permite que aqueles que concorreram nos anos anteriores também participem. Nessa modalidade, é focada para aqueles que querem estudar em uma instituição pública. Dessa forma, é necessário obter uma boa nota para estar dentro da nota de corte. 

No SISU, cada candidato pode concorrer a duas modalidades de curso e, se não passar em nenhuma delas, pode esperar para a liberação da lista de espera. Uma dica, nesse caso, é sempre escolher alternativas que possuem as menores notas antes mesmo do resultado final (no SISU é possível ver as notas de corte atualizadas). Logo, não corre o risco de ter uma nota muito baixa para a modalidade que está escolhendo. 

As instituições privadas também usam a nota do ENEM como forma de ingresso, sem mesmo realizar o financiamento. Essa é uma alternativa para aqueles que não querem participar de vestibulares e novas provas. 

Leia mais: Veja por que os valores de pagamento são diferentes no Bolsa Família

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui