Aposentadoria por invalidez: saiba quais são os requisitos

Antes de mais nada, entenda o que é essa categoria de benefício previdenciário.

Esse tipo de aposentadoria se destina para quem fica impossibilitado de exercer qualquer trabalho, seja por danos físicos ou mentais.

Ou seja, numa situação onde você adoeceu e foi forçado a parar de exercer seu ofício, a previdência irá te assegurar uma quantia de dinheiro por via da Aposentadoria por Invalidez. Portanto, essa é uma alternativa que merece a atenção daqueles que adoecem ao longo de suas vidas e/ou ficam incapazes de trabalhar.

Antes de mais nada, deve-se concordar a normalidade com que muitas pessoas ficam incapacitadas por doenças. E é esse fato que reafirma a importância desse benefício oferecido pela União.

Requisitos para a aposentadoria por invalidez

Assim como todos benefícios previdenciários do INSS ,esse tipo de aposentadoria também possui suas especificações. E para que não tenha nenhum tipo de imprevisto, é necessário que você esteja de acordo com os mesmos.

- Continua Depois da Publicidade -

Primeiramente, para conseguir ter esse benefício, o trabalhador precisa ter contribuído para o INSS desde antes, ou durante, o período que a doença o incapacitou. Isso também se aplica caso ele esteja no período de graça. É exigido um laudo médico que confirme a invalidez de forma permanente para que se trabalhe . Você precisa ser diagnosticado como incapaz para o trabalho que exerce, não podendo ser exercer nenhum outro tipo de profissão.

Todavia, há três exceções em que não é preciso comprovar a carência para ter direito a Aposentadoria por Incapacidade Permanente. Veja aqui quais são:

Se você sofreu algum tipo de acidente que te incapacitou trabalhar. Isso exercendo, ou não, seu trabalho; Se você possui alguma doença do trabalho, como LER e DORT; ou se você possui alguma das seguintes doenças, alguns dos exemplos que se encontram listados na legislação, se configurando como graves e irreversíveis:

  • Tuberculose.
  • Hanseníase.
  • Insanidade Mental.
  • Esclerose múltipla.
  • Perda de visão de um ou ambos olhos.
  • Paralisia irreversível e incapacitante.
  • Cardiopatia grave.
  • Doença de Parkinson.
  • AIDS
  • Contaminação por radiação.

Veja também: https://otrabalhador.com/caixa-tem-foi-bloqueado-veja-como-liberar-aplicativo/

 
Gustavo Pennahttps://otrabalhador.com/
Sou Gustavo Penna, tenho 21 anos e sou redator criativo, Copywriter e estudante da UFRJ.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui