Estresse no trabalho pode afetar o sono? Entenda

Diversas situações podem piorar nossa qualidade de vida, mas será que o estresse no trabalho pode afetar o sono? Sim. E, veremos o porquê, neste artigo que separamos para quem sofre com esse problema durante o dia e, principalmente a noite.

Não é de hoje que nós, brasileiros, estamos levando os efeitos causados no trabalho para nossos lares, pois, segundo estudos realizados pela empresa Regus, a insônia e as doenças relacionadas ao estresse são os principais fatores apontados por gestores no Brasil.

Nossos profissionais estão entre os que mais sofrem com insônia durante a vida, pois, de acordo com os dados levantados, mais de 43% dos brasileiros afirmam ter problemas relacionados ao sono.

Um dos problemas que mais possuem relação direta com a insônia é a preocupação excessiva com nossa economia que está passando por uma das suas piores fases desde que os números começaram a ser medidos.

Não à toa, mais de um terço dos colaboradores que participaram das pesquisas afirmam que sentem-se menos confiantes quanto às suas vagas no mercado de trabalho nos próximos anos.

Como o estresse no trabalho pode afetar o sono?

A preocupação com o trabalho nesses tempos de economia fraca tem tirado o sono das pessoas que precisam se manter empregadas para sobreviver.

Essa desaceleração econômica brasileira afeta o dia a dia das pessoas dentro das empresas, já que os funcionários produzem enquanto se perguntam sobre o futuro dentro das instituições.

Além da questão do desemprego iminente, as empresas que sabem que a economia não está boa, exigem altas cargas de seus funcionários que ficam a mercê da vontade de patrões, já que, pedir demissão em dias de crise é muito difícil de acontecer.

Por isso, quando perguntam se o stress no trabalho pode afetar o sono, a resposta é uma afirmativa, já que é difícil imaginar um pai de família que precisa levar o sustento para seus filhos ter que suportar tudo e ainda descansar bem.

A vida dentro das empresas não é nada fácil, principalmente em tempos instáveis e a carga psicológica que é depositada nos ombros dos funcionários é tamanha que torna-se difícil dormir direito durante a noite.

A falta de lazer na vida dos trabalhadores é prejudicial à saúde

O excesso de estresse no trabalho pode afetar o sono e pode acabar também com o lazer dos trabalhadores que se veem tão atarefados que acabam negligenciando sua qualidade de vida em prol do trabalho.

E, como sabemos, uma pessoa que deixa de ter alguns prazeres na vida torna-se irritada e nervosa com tudo ao seu redor, diminuindo sua produtividade, sua autoestima e, claro, sua saúde mental.

A busca pelo equilíbrio deve ser constante, mas ela é cada vez menos encontrada na vida das pessoas que estão na rotina do cotidiano e nem percebem que estão focando mais nas suas vidas financeiras do que em todo o resto.

E, até mesmo para a empresa é prejudicial ter uma pessoa que não tenha nenhum lazer no rol de colaboradores, já que, esses funcionários são menos produtivos quando não reservam tempo nenhum para a qualidade de vida.

O trabalho extraoficial cresce a saúde diminui

O estresse no trabalho pode afetar o sono, principalmente quando o serviço é levado para casa.

Nesse caso, uma das maiores dificuldades encontradas pelos seres humanos é a de entender que não precisamos se dedicar ao fim do expediente para mostrar eficiência no trabalho, visto que, temos uma meta a cumprir enquanto estamos no ambiente empresarial, mas ela deve acabar no momento que cumprimos a carga horária do dia.

Muitos recebem mensagens quando já estão em suas casas e acabam terminando um artigo que ficou inacabado na internet de sua residência, sem saber o mal que isso traz para a sua vida.

Esse excesso de trabalho é chamado de síndrome de burnout, situação em que a exaustão emocional leva a um quadro de depressão nos pacientes e os sintomas são diversos: perda de sono, de apetite e de vontade de sair de casa.

Tudo isso gera uma predisposição a problemas cardiovasculares e mentais, portanto, devemos nos atentar a práticas de bem-estar encontradas em sites como Apsique, por exemplo, pois a nossa qualidade de vida deve ser mais importante do que qualquer emprego.

Maneiras de evitar o estresse no trabalho 

Umas das práticas que as empresas deveriam adotar é a flexibilidade de horários para seus funcionários, já que, as faltas relacionadas ao estresse são as mais recorrentes.

Adotar maneiras de possibilitar que o colaborador faça horários alternativos ou evitar problemas como o deslocamento desses funcionários até a fábrica são duas formas de reduzir o estresse dessas pessoas nas empresas.

Como vimos, o stress no trabalho pode afetar o sono que, por sua vez, afeta a produtividade de toda uma empresa, então, ninguém ganha com o excesso de atividades de uma empresa.

Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui