Governo gastou R$ 339,4 bilhões com servidores públicos em um ano

O governo federal liberou dados em relação aos gastos com servidores públicos em um ano: em 2021, houve redução dos investimentos para R$ 339,4 bilhões em relação ao mesmo período no ano de 2020, que contava com gastos de R$ 345 bilhões.

O congelamento dos salários ocorreu devido a aprovação da PEC Emergencial que permitia a diminuição salarial e bloqueio de aumentos para fornecer o novo auxílio emergencial, que iria injetar cerca de R$ 9 bilhões por mês no ano de 2021. 

Com essa redução, o Tesouro Nacional estima que haverá um leve controle para a inflação referente ao mês de agosto que, até o momento, não foi liberada. A inflação acumulada nos últimos doze meses até julho estava na faixa de 8,99% enquanto a dívida pública brasileira teria chegado a mais de R$ 5,4 trilhões. 

  • Professores e outros servidores públicos serão os mais afetados com a PEC Emergencial, que também deve reduzir o número de concursos públicos realizados. 

O que a inflação pode fazer com a economia?

A inflação pode trazer uma série de consequências para a economia brasileira, inclusive em relação ao aumento dos preços de produtos básicos como alimentos e combustíveis. Em mais de 5 estados brasileiros, o valor do litro da gasolina já superou a faixa de R$ 7 e o mesmo recorde deve ser conquistado em Santa Catarina. 

- Continua Depois da Publicidade -

A taxa de energia elétrica também aumentou nacionalmente para o nível dois na cor vermelha devido à crise hídrica. 

Mais notícias de hoje – 02 de setembro

Nesta quinta-feira (02), o Caixa TEM está liberando o saque do auxílio emergencial para os grupos que nasceram no mês de fevereiro. O depósito já havia ocorrido na metade do mês de agosto e os calendários iniciaram para quem deseja obter o valor em espécie. A média de pagamentos é de R$ 250, mas pode ocorrer de alguns grupos receberem R$ 375 ou até mesmo R$ 150. 

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui