Parlamentares criticam mudança no teto de isenção do imposto de renda: “perda”

Na última semana, os parlamentares se reuniram para discutir as tributações no Imposto de Renda e também em relação à cobrança dos impostos para as empresas. 

De acordo com eles, que estavam junto a Arthur Lira, a diminuição da tributação e mudança no teto de isenção do IR de R$ 1900 para R$ 2500 poderia desencadear na perda para os municípios brasileiros e que, ao favorecer um lado, desfavorece o outro.  A tributação planejada do governo seria de 20% sobre os valores dos dividendos. 

Mudanças do imposto de renda em 2021

O governo Bolsonaro realizou uma série de mudanças em relação à tributação para as empresas e também em relação ao teto de isenção para o imposto de renda, que deve sair de R$ 1900 para cerca de R$ 2500, uma mudança na faixa de R$ 600 que vai garantir que mais de 5 milhões de brasileiros parem de declarar. 

Seguindo os valores estimados de acordo com a inflação brasileira, que já está em 8,99%, o mínimo do teto teria que ser de R$ 5 mil, como foi prometido pelo presidente Bolsonaro no ano de 2018, antes de se eleger nas eleições. 

- Continua Depois da Publicidade -

Outra alteração que foi realizada é que as empresas devem pagar menos impostos e, assim sendo, haverá uma diminuição das porcentagens de contribuição. Isso não anula, entretanto, a obrigação de quem é MEI, microempreendedor individual, em realizar a declaração anual de faturamento. 

Restituição do imposto de renda

Neste final do mês, também teremos a quarta parcela da restituição dos valores para aqueles que fizeram a declaração e que já estão aposentados ou não tinham a obrigação. A restituição é realizada através do portal da Receita Federal. 

Acompanhe o Otrabalhador para ficar por dentro de todas as notícias destinadas a trabalhadores e empresas. Nós publicamos atualizações diárias para te manter informado sobre todos os tipos de assuntos. 

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui