Perguntas e respostas sobre o fim do auxílio emergencial

O auxílio emergencial está programado para terminar no mês de outubro com o pagamento da sétima parcela, que começa a partir do dia 18 para o final do NIS 1. O fim do programa vem causando uma série de dúvidas entre os beneficiários e iremos responder algumas delas neste artigo. Portanto, continue a leitura com o Otrabalhador para saber mais sobre o assunto. 

O que eu faço se não conseguir um emprego?

Já é previsto o aumento do Bolsa Família para o mês de novembro. Logo, todos os beneficiários que não conseguirem emprego poderão se cadastrar no Cadastro Único para começar a receber as parcelas com novos reajustes de 50%. É estimado que a média paga a cada família será de R$ 290. Atualmente, o Ministério da Cidadania paga na faixa de R$ 190. 

  • Vale ressaltar que os valores do Bolsa Família dependem da estrutura familiar de cada grupo. Então, podem variar de acordo com o beneficiário. Geralmente, famílias com crianças e adolescentes recebem mais. 

Recebi indevidamente, o que eu faço?

Os grupos que receberam o auxílio emergencial de forma indevida terão que fazer a devolução através do portal do Ministério da Cidadania. 

A Câmara dos Deputados já se reuniu algumas vezes para decidir quais serão as punições impostas sobre esses indivíduos e foi determinado que haverá a entrada para a dívida ativa se o dinheiro não for devolvido. Ao entrar para a dívida ativa, o cidadão pode pagar multas de até 20% sobre o valor que foi recebido de forma indevida. 

Existe possibilidade de Bolsonaro prorrogar o auxílio emergencial?

- Continua Depois da Publicidade -

Até o momento, não existem possibilidades do presidente da República, Jair Bolsonaro, realizar a prorrogação do auxílio emergencial. O ministro da Economia, Paulo Guedes, vem criticando a possibilidade de prorrogação do valor por mais meses. 

  • Acompanhe o Otrabalhador para saber mais sobre programas sociais.
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui