Quem não está no Bolsa Família poderá receber Auxílio Brasil de R$ 400?

O Ministério da Cidadania informou, recentemente, que o auxílio emergencial seria cancelado em outubro após o pagamento da sétima parcela para que, em novembro, começassem a pagar o novo Auxílio Brasil no valor de R$ 400.

No entanto, não é toda a população que será beneficiada: é estimado que mais de 20 milhões de pessoas parem de receber o programa social. Em síntese, serão excluídos todos aqueles que não estiverem inscritos no Cadastro Único. 

A questão vem preocupando uma série de brasileiros, que não sabem se terão uma fonte de renda neste mês ou se ficarão desamparados. 

Sabe-se, somente, que todos que não estiverem inscritos no Cad, podem ser eliminados. Por isso, se for beneficiário somente do auxílio emergencial e não estiver no Bolsa Família, é necessário analisar no site do Cadastro Único para saber se o seu CPF, Cadastro de Pessoa Física, está inscrito. 

Inscrições estão bloqueadas – atenção!

O Ministério da Cidadania informou toda a população, no mês passado, que as inscrições estavam bloqueadas para o CAD visto que estavam com uma demanda muito grande e, antes de permitir novas entradas, deveriam analisar as pendências. Por isso, o site está bloqueado e ocorre um erro na tela quando tenta se inscrever. 

O prazo para esse bloqueio pode ser de até 120 dias, por enquanto, não há previsões para que ele acabe e as chances é que dure até o ano de 2022. Logo, quem estava recebendo somente o auxílio emergencial e não tem inscrição realizada, corre o risco de ficar desamparado sem o valor do programa no mês de novembro e dezembro. 

Auxílio Brasil e o estouro do teto de gastos 

De acordo com Lira, presidente da Câmara de Deputados, o novo Auxílio Brasil pode ser positivo para as rendas baixas, mas corre o risco de estourar o teto de gastos do governo federal. 

Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral. Atualmente, trabalha como redatora da agência jornalística Visão Confiável (http://visaoconfiavel.com/).

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui