Recebeu um boleto SMS para pagar como devolução do auxílio? Pode ser fraude!

Desde a última quarta-feira (18), o governo federal vem entrando em contato com mais de 650 mil cidadãos que receberam o auxílio emergencial de forma indevida. Dessa forma, terão que fazer a devolução do programa pago desde o ano de 2020. A pasta está enviando as mensagens via SMS pelos números 28041 ou 28042.

Algumas pessoas podem ter sido vítimas de golpes ao receber boletos através do SMS com valores acima de R$ 3 mil informando que se tratava da devolução do auxílio emergencial. 

Isso porque o governo federal mandou uma mensagem para os beneficiários informando as orientações para devolver através do gov.br/devolucaoae.  Ou seja, o cidadão tem que acessar o site oficial da Receita, informar seus dados e selecionar os meses que deseja devolver para somente depois disso emitir uma DARF oficial. 

O Ministério da Cidadania não está encaminhando boletos de pagamento para os beneficiários

O que fazer se recebi um boleto para devolver o auxílio emergencial?

- Continua Depois da Publicidade -

O primeiro passo, ao receber um boleto via SMS para devolver o auxílio emergencial é analisar o número que enviou a mensagem. Depois, outra dica para confirmar que é uma fraude, é que você copie o código de barras e coloque no aplicativo do seu banco como se fosse realizar um pagamento (não confirme a transação).

No momento de confirmar a transação, veja em qual banco que o dinheiro deve cair e para qual o nome do titular: geralmente, é possível ver o nome do golpista como titular do banco. Se fosse para a Receita Federal, não teria o nome de uma pessoa física. 

Auxílio emergencial e a quinta parcela

O pagamento da quinta parcela do auxílio emergencial começou a ser realizado a partir do dia 18 de agosto para os beneficiários que possuem o final do NIS número 1. Aqueles que recebem de acordo com o mês de aniversário tiveram o calendário liberado a partir do dia 20 de agosto. 

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui