Salário mínimo: confira valores de países americanos

Quais são os valores do salário mínimo dos países da América? Neste artigo, OTrabalhador separou uma lista de alguns deles para te falar mais sobre a economia e um ponto em comum: o estouro de protestos contra o aumento dos tributos e baixos valores recebidos. Portanto, se quiser saber mais, continue a leitura conosco!

Salário mínimo em Cuba

Cuba conta com o salário mínimo de US$ 87 que teve aumentos de até 5 vezes no ano de 2020, anteriormente era de 400 pesos, equivalente a cerca de US$ 17. 

Neste último domingo (11), o país estourou em protestos devido à pobreza e ao corte das redes móveis que forneciam internet para a população. Com a chegada da Covid-19, o turismo na região também foi afetado e era a principal fonte de renda de alguns trabalhadores. 

Os protestos começaram com a oposição ao governo cubano que é liderado pelo Partido Comunista. Mais tarde, os defensores do estado se reuniram em praças para combater a oposição. 

Brasil

- Continua Depois da Publicidade -

O Brasil conta com o salário mínimo de R$ 1100 e deve ter aumentos para R$ 1155 no ano de 2022, ainda sem acompanhar a inflação. Já no imposto de renda, haverá a isenção para quem recebe até R$ 2500 e as mudanças também devem chegar no próximo ano. 

A promessa do presidente Bolsonaro era que a isenção do imposto de renda seria para aqueles que recebessem até R$ 5 mil, entretanto, ela não foi cumprida. 

Haiti

O Haiti tem o salário mínimo de 6500 gourde, equivalente a cerca de R$ 350 quando o valor é passado para o real. Devido à inflação acumulada no país, que chega a quase 25%, os grupos de oposição mataram o presidente junto com a primeira dama na última quarta-feira (07). O país vinha enfrentando uma grande crise econômica devido aos terremotos que ocorreram na região no ano de 2010 quando milhares de pessoas perderam suas casas. 

Veja também: Salário mínimo para 2022: já teve aumento?

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui