Síndrome de Burnout: O esgotamento no trabalho que deixa doente

A Síndrome de Burnout acabou se tornando um fenômeno nos últimos anos, principalmente pela presença do excesso de informações. Pessoas estão ficando doentes pelo excesso de trabalho, que afeta diretamente o estado psicológico do trabalhador que passa a ter diversos sintomas que prejudicam sua saúde.

Com a crise econômica dos últimos anos e a pandemia, o número de desempregos cresceu ainda mais e quem conseguiu manter seu emprego precisou se reorganizar para um cenário de caos. A Síndrome de Burnout se dá quando os níveis de estresse aumentam, assim como a pressão e a ansiedade, seja para trabalhar demais ou para manter o emprego. Para entender melhor continue lendo.

O que é Síndrome de Burnout?

Caracterizado por níveis de estresse muito elevados e severos, foi descrito por um psicólogo alemão-americano Herbert Freudenberger em 1970. O termo “Burnout” ou “queimados”, está relacionada ao esgotamento, tanto físico quanto mental que pode acontecer com trabalhadores que excedem suas capacidades de auto sacrifício pela profissão.

A síndrome de Burnout pode afetar qualquer profissão e qualquer pessoa que se sobrecarregue de alguma forma. Embora não exista uma definição tão clara quanto outras doenças, o diagnóstico pode ser feito através da sensação de problemas insuperáveis, quando tudo parece mais difícil e complicado, e não se tem energia para lidar com a situação.

O que fazer para evitar?

- Continua Depois da Publicidade -

Para superar a Síndrome de Burnout ou evitar que ela apareça, defina alguns momentos para se desconectar de dispositivos eletrônicos. Pratique atividade física por pelo menos 1 hora por dia, durma melhor e sempre que sentir essa angústia devido a pressão procure ajuda de um profissional, só ele é capaz de compreender o momento e ajudar a superar.

Além disso, participe de atividades sociais se reúna com amigos para conversar de assuntos aleatórios, dê risada, fique perto de gente alegre e descontraída. Priorize os momentos de lazer e evite o consumo de álcool e cafeína.

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Susan Nogarthttps://otrabalhador.com
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui