Trabalhadores da CTB-DF realizam plenária sobre educação

As manifestações com os dizeres “Fora Bolsonaro” estão acontecendo em diversos lugares do país, principalmente pelo transtorno de quem recebe auxílio emergencial e pela falha ao comprar vacinas. Com isso, recentemente trabalhadores da CTB-DF também realizaram uma plenária para se manifestar sobre a educação, tendo como assunto “Educação pós pandêmica: Como voltaremos?”.

Com mais de 140 pessoas, a plenária demonstrou que os trabalhadores também sabem protestar e se mobilizar diante do assunto. No Distrito Federal houve muitos embates sobre a vida particular e a política nacional, e como a pandemia vai impactar o sistema educacional, exigindo orientações da ordem pedagógica e dos professores principalmente.

A expectativa da volta dos trabalhadores para seus setores

Muito se falou sobre as perspectivas de voltar a dar aulas presenciais e como a sala de aula e os protocolos de segurança poderão funcionar. Além disso, já existem comunidades escolares que estão se unindo no Distrito Federal, para que todos os setores sejam melhor atendidos.

Durante a plenária, Jairo Mendonça, sindicalista e professor fez um dos discursos e falou sobre como o sindicado dos professores era representado, e também da aproximação da CTB-DF. Os trabalhadores que ouviam, entenderam como a estratégia de uma ampliação das bases podem fazer a diferença para o setor, assim como facilitaria a atuação mais assertiva.

- Continua Depois da Publicidade -

Além do discurso voltado ao sindicalismo dos professores, também foi falado sobre a falta de investimento na educação e como essa falta de ação dentro do setor vai refletir em tempos de pandemia. Uma temática a parte foi debatida por Nádya Christina Guimarães, secretária Adjunta de Educação do Governo de Maranhão, que vem contribuindo em suas pesquisas como professora, para mostrar como novas políticas educacionais podem impactar positivamente a população e os estudantes, mesmo em pandemia, durante a escolarização. O tema exige muita discussão ainda, e os desafios tanto para o sindicato quanto para os trabalhadores ainda é grande, mas é preciso falar sobre o assunto e começar a agir.

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Susan Nogarthttps://otrabalhador.com
Susan Nogart, 30 anos. Formada em Ciências Biológicas e Produção de conteúdo para Web, ama animais, ciências e comportamento e é apaixonada por escrever. Trabalha com criação há mais de 10 anos.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui