Voucher creche vai liberar crédito de R$ 250 em escolas particulares

O governo do presidente Bolsonaro deseja fazer a liberação de R$ 6 bilhões do Fundeb para que consiga financiar o voucher creche, novo programa criado para beneficiar aqueles que estão no Cadastro Único. 

Esse será o novo Bolsa Família de R$ 250 que está sendo falado pela mídia e deve favorecer pais que possuem crianças de 0 a 3 anos. 

Para receber o benefício, é necessário que o grupo familiar pare de receber o atual Bolsa Família. Ou seja, será necessário escolher entre as duas opções. 

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, é necessário tirar dos cofres públicos, anualmente, o valor de R$ 6 bilhões. 

- Continua Depois da Publicidade -

Inquéritos já foram levantados para saber os motivos pelo qual muitos beneficiários pararam de receber o BF desde o ano passado. Somente no nordeste, mais de 40 mil famílias entraram para as zonas de pobreza com o fim do benefício em dezembro e, em março, mais de um milhão de pessoas se tornaram inadimplentes para o Serasa, ou seja, atrasaram alguma dívida por mais de três meses (ou noventa dias). 

Waldery Rodrigues, que é o secretário da Fazenda, argumentou que o benefício não deve tirar verbas que são destinadas para a educação. 

Leia mais: Justiça de BH impede volta do funcionamento de comércio aos domingos

Os benefícios sociais e o fim dos investimentos com a PEC emergencial

Neste ano, o Ministério da Economia afirmou que só poderia fornecer o novo auxílio emergencial de R$ 150, R$ 250 e de R$ 375, se fosse assinada a PEC Emergencial. 

- Continua Depois da Publicidade -

A emenda constitucional prevê uma série de cortes nos salários dos professores e de outros colaboradores públicos. Além disso, deve haver uma diminuição dos investimentos na área da saúde e da educação para que consigam injetar o dinheiro do auxílio emergencial na economia em 2021. 

A atitude vem sendo criticada até mesmo por policiais que acreditavam estar do lado do governo e acabaram perdendo benefícios. 

Leia mais: PIX terá nova concorrência com WhatsApp e pode refletir no MEI

Voucher creche não é o suficiente

De acordo com o jornal UOL, o voucher fornece o valor de R$ 52 por criança em cada casa. No entanto, ao realizarem uma pesquisa pelas creches particulares nas zonas periféricas de São Paulo, viram que as mensalidades são mais altas que os valores fornecidos e que, em alguns casos, não paga sequer 10% da mensalidade. 

- Continua Depois da Publicidade -

O valor vem sendo criticado por fugir da realidade do real preço das escolas particulares, e sem levar em consideração a compra dos materiais e livros que muitos entrevistados retratam gastar mais de R$ 2000 por ano. Em um ano com o auxílio creche, cada família iria receber pouco mais de R$ 600, o que sequer pagaria os materiais. 

Professores de escolas públicas contestam a decisão federal e argumentam que é necessário investir em escolas públicas para que todos tenham o acesso gratuito e sem etilismo. Dessa forma, seria necessário usar os R$ 6 bilhões do voucher para construir novas escolas e creches de qualidade para a população. 

Leia mais: ENEM 2021: quem está no CadÚnico não paga taxas para prova

Avalie Nosso Conteúdo!
Avalie Nosso Conteúdo!
 
Daiane Souzahttps://otrabalhador.com/
Nascida em Santa Catarina, atualmente estuda história pela FURB, atuando com a redação política. Trabalha há mais de três anos como redatora profissional experiente em SEO e Copywriter. Apaixonada por literatura, filosofia e escrita.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui