PIS e Pasep: saiba se você tem direito ao benefício

O que são Pis e Pasep?

Em 7 de setembro de 1970, foi criado o Fundo PIS-PASEP. Ele é o resultado da unificação dos fundos de recursos do Programa de Integração Social, e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público.

Primeiramente, que fique claro que o PIS é um benefício/quantia em dinheiro que, além de bonificar o trabalhador, colabora para a melhoria das empresas do setor em que trabalha.

Ambos são formas de bonificação ao trabalhador. Mas possuem uma diferença entre si: o fato do Pis voltar-se para o trabalhador do setor privado, enquanto o Pasep se destina ao servidor público.

Quem pode solicitar?

O PIS e o Pasep englobam a renda daqueles que trabalharam por, ao menos, um mês de carteira assinada no ano que precede esse pagamento. Por isso é necessário conferir, antes de proceder com a solicitação de um desses recursos, se você está enquadrado nesse primeiro requisito.

Assim, os trabalhadores que desejam essa espécie de décimo quarto salário de renda baixa, devem estar inscritos no programa há pelo menos 5 anos. Além disso, outro requisito é de que tenham dois salários-mínimos por mês como limite de recebimento.

Para que o trabalhador possa conseguir o pagamento desse benefício, é necessário que ele esteja em situação regular. E para isso, a empresa em que prestava serviços deve ter entregue seus dados ao governo sem nenhum erro ou desfalque de informações.

A Caixa Econômica Federal é a responsável por distribuir o pagamento do Pis aos empregados do setor privado. Conquanto é o Banco do Brasil o responsável pelo pagamento dos funcionários públicos. E a entrega das bonificações varia de acordo com o mês de nascimento do contribuinte.

Clique no link e confira a tabela que mostra o pagamento que corresponde com os meses de aniversário.

Caso tenha interesse em assuntos voltados a outras áreas, veja essa sugestão de leitura:

Confira o calendário atualizado do Auxílio Emergencial