Cartão de crédito Meliuz: Vale a pena? Quais os benefícios?

O Cartão de crédito Meliuz vem sendo uma boa alternativa para os brasileiros que desejam participar de promoções e retorno no pagamento das compras. Uma das vantagens é o cashback de 1,8% no pagamento da fatura em dia, porcentagem esta que é superior ao do banco Inter que oferece apenas 1% para os investidores que possuem mais de R$ 250 mil na instituição. Para ganhar o Black do Inter, outro requisito é ter gasto mais de R$ 7 mil nas últimas quatro faturas. 

Vantagens e desvantagens do Cartão de crédito Meliuz

Uma das principais vantagens, além do retorno no pagamento das compras, é em relação à anuidade zero e sua bandeira internacional. Além disso, os clientes podem usar o retorno das compras como preferirem, inclusive, para pagar outras compras. Devido à função de crédito mais flexibilizada, acaba sendo uma boa alternativa para quem, com um bom histórico de consumidor, continua tendo o score baixo. 

Apesar dos pontos positivos, ainda existem as desvantagens de usar o cartão, principalmente pelo fato de que não há um programa acumulador de milhas que garante mais descontos no momento de comprar passagens aéreas. Além disso, não fornecem ao cliente a possibilidade de ter acesso a um cartão virtual que serve para compras exclusivas no meio online. 

Existe renda mínima?

Para usar o cartão de crédito Meliuz, é necessário que o cliente tenha a renda mínima mensal na faixa de um salário, equivalente a R$ 1100. Os cartões são emitidos pelo Banco Panamericano que está nas mãos do BTG PACTUAL S.A desde o ano de 2011. Os benefícios oferecidos pela plataforma são garantidos pelo  MasterCard Surpreenda. 

Acompanhe o Otrabalhador para se manter atualizado sobre dicas de cartão de crédito, administração de empresas e finanças. Publicamos conteúdos diários sobre os mais diversos assuntos. 

Daiane Souza
Formação em jornalismo pela Uniasselvi e em história pela FURB. Amante, desde o ano de 2017, pela produção de conteúdos, notícias e redação em geral.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias Relacionadas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui