Quando o governo vai pagar o valor de R$ 1 mil do FGTS?

No final do mês de março, Paulo Guedes declarou que estaria pagando o valor de R$ 1 mil para as famílias que estavam passando por alguma crise de dívidas financeiras. No entanto,  na coletiva de imprensa em que forneceu, não deu informações declaradas sobre quando o valor começaria a ser pago e os requisitos básicos para quem desejava ser beneficiado. Nenhuma informação concreta está sendo liberada pelo Ministério da Economia. 

Em suma, estima-se que se houver algum tipo de liberação do saldo de R$ 1 mil para os cidadãos que possuem algum tipo de dívida aberta, aconteça somente no mês de abril. 

Em março, por enquanto, deverão ter direito ao saque do FGTS somente as pessoas que estão dentro das categorias que antes foram propostas pelo governo federal como ter sido demitido sem justa causa ou estar residindo em alguma cidade que tenha decretado  estado de emergência. Também, existe a possibilidade de andar neste mês a fazer a solicitação de revisão de acordo com os índices de inflação com Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. 

FGTS: saiba todas a notícias atualizadas sobre o programa social

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, FGTS, pode ter a multa de 40% que antes deveria ser paga pela empresa ao trabalhador  demitido. Bem, cancelados se trata apenas de uma forma de dizer porque as marcas precisarão continuar pagando o valor mas será necessário  que paguem para o governo em vez do trabalhador. A situação vem levantando uma série de contestações entre as pessoas que trabalham de carteira assinada visto que neste ano também se pode voltar a discutir sobre o fim do benefício do seguro demográfico para quem está em dia com o INSS.  O objetivo do governo é pagar apenas um auxílio menor para as pessoas desempregadas em vez da multa.