INSS: Veja como fazer a prova de vida pelo celular

Todos os anos os segurados que recebem aposentadoria ou pensão do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) precisam comprovar ao governo que estão vivos. Apesar de muitos beneficiários não gostarem, essa medida evita fraudes relacionadas ao pagamento indevido dos benefícios. 

Esse procedimento é chamado de prova de vida. Nada mais é do que o recadastramento anual obrigatório para os aposentados e pensionistas. Mas, o que nem todos sabem é que este processo pode ser feito pelo celular, ou seja de maneira virtual, sem precisar comparecer a uma agência bancária ou do INSS

Na leitura a seguir vamos explicar como fazer a prova de vida pelo celular.

Como é a prova de vida em 2022?

A prova de vida pelo celular é também chamada de prova de vida por biometria facial. Isso porque o procedimento é feito por reconhecimento facial, com o uso da câmera do celular do cidadão, por meio do aplicativo Meu INSS e também pelo aplicativo Gov.BR, disponível para os sistemas Android e iOS.

Para saber se o acesso à prova de vida digital está disponível, o aposentado ou pensionista deve fazer uma consulta no aplicativo Meu INSS ou no Gov.br.

Reconhecimento Facial

Anteriormente, a comprovação de vida era validada pela presença do beneficiário em uma agência bancária, pela leitura biométrica da digital, e apresentação de um documento pessoal e original com foto. Pela internet, o processo é o mesmo, porém tudo feito de forma online.

Para isso, é utilizado o reconhecimento facial, via selfie. O segurado precisa tirar uma foto do seu rosto, para realizar e facilitar a identificação. 

Como fazer a prova de vida pelo celular?

A seguir, passo a passo de como fazer a prova de vida pelo celular:

Baixar e acessar o aplicativo é o primeiro passo. Após entrar no aplicativo com o usuário e senha, é necessário ir em “Autorizações”, ler as informações sobre a DATAPREV INSS, tocar em “Autorizar” e depois em “Realizar Validação”.

Além dessa autorização, o aplicativo Gov.br também irá solicitar a permissão para utilizar o aplicativo da câmera do celular. Para isso, basta tocar em “Permitir”. Depois, é preciso confirmar a identidade, digitando os dados solicitados, como por exemplo, a data de nascimento, e tocar em “Prosseguir”.

Como tirar a própria foto

O próprio aplicativo traz um passo a passo com informações e os requisitos necessários para que a comprovação dê certo. Nesta página, basta ler e tocar em “Entendi”. O aplicativo irá fazer a leitura das imagens do rosto do segurado. Este deve seguir os comandos da tela e o círculo irá ficar verde.

O segurado deverá fazer vários movimentos conforme as instruções do aplicativo. Por exemplo, ele deve virar o rosto para direita e esquerda, sorrir e piscar. O rosto deve permanecer no círculo durante este processo, caso isso não aconteça, terá de começar novamente.

Essas imagens recebidas pelo aplicativo serão avaliadas e cruzadas com bancos de dados e informações do segurado, para então comprovar que a pessoa da foto é quem realmente diz ser. 

Como base comparativa pela Previdência Social, podem ser utilizados documentos oficiais como CNH ou título de eleitor.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER