Como corrigir dados do CNIS pelo site Meu INSS

O CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) é um extrato que inclui informações sobre as contribuições ao INSS de todo o segurado. Este documento é apresentado para ter acesso aos benefícios pagos pelo Instituto, como a aposentadoria.

O segurado pode ter acesso ao CNIS através do site Meu INSS. Desta forma é possível consultar e corrigir as informações.

Quer saber como corrigir o CNIS? Acompanhe.

O que é e para que serve o CNIS?

Para o INSS, o CNIS é a base para verificar se o cidadão tem ou não direito ao benefício solicitado. Este é o primeiro motivo para que o segurado mantenha o CNIS atualizado, comparando com as informações da carteira de trabalho, por exemplo. 

Isso porque não é o segurado que lança os dados no CNIS, é o próprio INSS. Entre os dados que constam no documento estão os dados pessoais, valor de salário e as contribuições realizadas ao INSS.

Além dessas, outras informações importantes também podem constar no CNIS. Com ele, ainda é possível:

  • Verificar se a empresa está repassando ao INSS o desconto que faz no holerite do funcionário;
  • Consultar se a empresa comunicou a baixa na carteira (CTPS);
  • Consultar se houve alguma falha na comunicação entre empresa e INSS;
  • Calcular o tempo de contribuição;
  • Calcular o valor do benefício;
  • Prever problemas que o segurado vai enfrentar ao requerer o benefício;
  • Adiantar levantamento de documentos que o INSS vai solicitar quando o benefício for requerido;
  • Verificar se o segurado tem mais de um NIT (Número de Registro do Trabalhador).

Mas como fazer para corrigir o CNIS?

O cadastro pode ser consultado a qualquer momento e sem sair de casa. Tudo através do site Meu INSS. Veja o passo a passo:

  • Faça o login no site ou aplicativo Meu INSS;
  • Escolha a opção “Agendamentos/Solicitações”. 
  • Clicar em “novo requerimento” no canto direito e depois pesquisar por “dados”. Caso o desejo seja apenas atualizar os dados cadastrais, será necessário clicar na primeira opção “atualização dos dados cadastrais”. 

Nesse serviço o segurado pode corrigir os dados cadastrais e de contato, além de atualização da atividade nos casos de Empregado Doméstico, Contribuinte Individual, Facultativo, ou Segurado Especial.

A última etapa é anexar todos os documentos atualizados. Todos eles devem estar legíveis, com uma boa fotografia ou cópia dos documentos. Não se deve cortar nenhuma informação ou deixar qualquer dado desfocado ou por fora. 

Por fim, é só confirmar todas as informações e finalizar a solicitação para atualizar o CNIS.

Por essas razões, é essencial atualizar o CNIS e também manter outros documentos atualizados que serão necessários para o futuro do segurado.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER