Bolsa Família: revelado o calendário de pagamentos de agosto. Confira

Pagamentos do Bolsa Família devem ser retomados na próxima sexta-feira (18). Confira o calendário completo, e quem pode receber o saldo até aqui
- Anúncio -

A espera está chegando ao fim. A partir da próxima sexta-feira (18), o governo federal vai retomar oficialmente os pagamentos do Bolsa Família. A expectativa é de que pouco mais de 20 milhões de pessoas tenham o direito de usar o saldo em suas contas.

O Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome, pasta responsável pelos pagamentos, já liberou o detalhamento de repasses para os usuários que fazem parte do projeto. A ideia é liberar o saldo de acordo com o final do seu Número de Identificação Social (NIS). Veja abaixo:

- Anúncio -
  • Usuários com NIS final 1:  18 de agosto (sexta-feira);
  • Usuários com NIS final  2:  21 de agosto  (segunda-feira);
  • Usuários com NIS final  3: 22 de agosto (terça-feira);
  • Usuários com NIS final  4: 23 de agosto (quarta-feira);
  • Usuários com NIS final  5:  24 de agosto (quinta-feira);
  • Usuários com NIS final  6:  25 de agosto  (sexta-feira);
  • Usuários com NIS final  7:  28 de agosto (segunda-feira);
  • Usuários com NIS final  8:  29 de agosto (terça-feira);
  • Usuários com NIS final  9: 30 de agosto (quarta-feira);
  • Usuários com NIS final  0:  31 de agosto (quinta-feira).

As antecipações

Para este mês de agosto, o governo federal também já confirmou que vai seguir antecipando o saldo dos pagamentos para alguns grupos. Todas as pessoas que recebem o benefício oficialmente nas segundas-feiras, terão o saldo antecipado para o sábado imediatamente anterior.

Destaques sobre *** por e-mail

  • Usuários com NIS final  2:  recebem oficialmente na segunda-feira (21), mas o dinheiro estará na conta já no sábado (19);
  • Usuários com NIS final  7:  recebem oficialmente na segunda-feira (28), mas o dinheiro estará na conta já no sábado (26). 

O valor dos repasses do Bolsa Família

Assim como nos meses anteriores, os pagamentos do Bolsa Família neste mês de agosto serão de R$ 600 mínimos por núcleo familiar. Este valor, no entanto, serve apenas como um ponto de partida. A partir das condições de cada usuário, o saldo pode ser elevado ou reduzido.

Em agosto, por exemplo, o governo vai seguir inserindo pessoas no chamado período de transição. Trata-se de um sistema de atinge usuários que registraram um aumento na renda per capita para algo entre R$ 219 e R$ 660. Nestes casos, o cidadão passa a receber apenas metade do que vinha recebendo normalmente.

Do outro lado da história, há também a possibilidade de aumento no valor. Pessoas que têm direito a bônus podem acumular os saldos. Famílias que contam com uma criança com menos de seis anos de idade, por exemplo, podem receber R$ 150 a mais, de acordo com o Ministério.

Consulta

Qualquer cidadão pode saber se está entre os selecionados para o Bolsa Família. Para tanto, basta consultar as informações do seu perfil no app oficial do programa ou através do Caixa Tem.

- Anúncio -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis