São Paulo poderá ter tarifa zero para usuários do Bolsa Família

Intenção do atual prefeito de São Paulo é fazer com que os usuários do programa Bolsa Família possam ter direito ao sistema de Tarifa Zero na capital paulista
- Anúncio -

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) chegou a prometer que poderia aplicar um sistema geral de Tarifa Zero na capital paulista. Contudo, dez meses depois da promessa não há nenhum indicativo de que a projeto vai sair do papel, e o chefe do executivo já fala em adaptar o plano.

Agora, o plano é atender apenas as pessoas que fazem parte do Cadúnico e que estão na condição de beneficiárias de programas sociais do governo federal. Poderiam ser atendidos, por exemplo, as pessoas que fazem parte do Bolsa Família, e do Auxílio-gás nacional, por exemplo.

- Anúncio -

Apoio da oposição para a Tarifa Zero

Até aqui, o que se sabe é que a oposição gosta da ideia e vem sinalizando que poderá ajudar a aprovar o projeto de Passe Livre para os usuários de programas sociais. Um texto semelhante já está em tramitação na câmara de vereadores e poderia ser adaptado pela prefeitura.

“Estamos fazendo o movimento necessário para isso (a aprovação da lei), mas pode acontecer de o prefeito querer mandar um projeto do Executivo com esse mesmo objetivo. É só essa a dúvida”, afirmou Jair Tatto (PT)

Destaques sobre *** por e-mail

O autor oficial do projeto, o vereador Paulo Frange (PTB) concorda com ideia. “É isso que podemos fazer na Casa: abrir a possibilidade e não obrigar. Acreditamos que esse seja o caminho para evoluirmos aos poucos para a tarifa zero completa. O que precisamos é começar a criar os mecanismos”, disse ele.

O texto do passe livre

Mas afinal de contas, o que indicaria o texto da Tarifa Zero paulistana? Segundo o projeto que já está em tramitação na Câmara dos Deputados, a ideia é atender apenas as pessoas que estão em programas sociais. Além deles, cidadãos desempregados também ganhariam o direito de usar o transporte público gratuitamente.

Quando se considera apenas os dados dos usuários do Bolsa Família, é possível afirmar que a cidade de São Paulo conta com mais de 716 mil pessoas recebendo o benefício de transferência de renda do governo federal. Em caso de aprovação do projeto em questão, todas elas passariam a entrar no sistema de passe livre.

Eleições em São Paulo

Vale sempre lembrar que todo este movimento de aprovação de um sistema de tarifa zero está ligado ao processo eleitoral do próximo ano. Nunes, o atual prefeito da maior cidade do país, deverá tentar a reeleição e quer usar o projeto como sua maior bandeira política.

O seu principal adversário parece ser o deputado federal Guilherme Boulos (Psol). Ele vem liderando a maioria das pesquisas de opinião e ganhou no final da última semana o apoio formal do PT, que não lançará candidato próprio.

- Anúncio -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis