Bolsa Família: veja o que pode e o que deve mudar no programa em 2023

Pagamentos de 2023 do Bolsa Família já foram iniciados, mas a tendência natural é de que o programa social passe por uma série de alterações durante o ano
- Anúncios -

O Governo Federal segue nesta terça-feira (24) com os pagamentos de mais uma rodada do Bolsa Família. Segundo as informações oficiais, ao menos neste início de ano, o formato de pagamentos, os valores e a forma de movimentação seguem as mesmas de sempre.

Contudo, uma série de mudanças já estão sendo preparadas pelo Governo Federal. Parte destas alterações já está confirmada e só está esperando alguns detalhes técnicos para poder sair do papel. Abaixo, você pode conferir uma lista com uma série de mudanças que podem (ou que devem) acontecer no Bolsa Família este ano.

- Anúncios -

As mudanças no Bolsa Família

Segundo as informações oficiais, o Governo Federal já garantiu os pagamentos do adicional de R$ 150 por filhos menores de seis anos de idade. Inicialmente a ideia era iniciar estas liberações já a partir deste mês de janeiro. Contudo, o Ministério optou por repassar este dinheiro a partir do mês de março.

O atraso aconteceu porque o Governo Federal optou por bancar este adicional apenas depois de completar o processo de pente-fino nas contas de todos os usuários do programa. Eles afirmam que assim será mais fácil pagar o saldo apenas para as pessoas que realmente precisam.

Destaques sobre *** por e-mail

Mudanças nos valores

Outro ponto que deve ser alterado no Bolsa Família é a questão dos valores. Não há previsão de redução dos R$ 600 para algum público, mas há a ideia de realizar uma diferenciação entre famílias com mais integrantes e aquelas que são formadas por uma ou duas pessoas. Haverá uma diferenciação nos pagamentos.

Número de usuários

O Governo também deve realizar mudanças no número de usuários do Bolsa Família. Em janeiro, estima-se que pouco mais de 21 milhões de pessoas estão aptas ao recebimento do programa social. Em entrevista recente, a Ministra do Planejamento, Simone Tebet (MBD) já adiantou que esta quantidade vai ser reduzida.

Adicional para indígenas

Até este momento, existe uma série de propostas de mudanças no Bolsa Família tramitando no Congresso Nacional. Uma delas, por exemplo, prevê o pagamento de um adicional para os indígenas que fazem parte do benefício social. Entretanto, ainda não há uma data para esta aprovação.

Condicionantes do Bolsa Família

O Governo Federal também já deixou claro que vai apostar com mais força na questão das condicionantes do Bolsa Família. Tratam-se de regras que precisam ser seguidas pelos usuários que já fazem parte do programa social.

A ideia é seguir exigindo pontos como a carteira de vacinação em dia, e frequência escolar das crianças para não perder o direito de receber o projeto do Governo Federal.

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis