Milhões de trabalhadores terão que declarar IR 2023. Veja o motivo!

Quem ganha acima de R$ 1.903,88 tenha que declarar IR
- Anúncios -

Uma péssima notícia vai atingir milhões de brasileiros.  Porém, a falta de correção da tabela do Imposto de Renda (IR) e o avanço da inflação farão com que muitos trabalhadores que ganham menos de um salário mínimo e meio tenham a obrigação de pagar o tributo em 2023. 

Nas próximas semanas, a Receita Federal do Brasil deve apresentar as novas regras para declarar o Imposto de Renda 2023. A expectativa é que as novidades sejam divulgadas no mês de fevereiro.

- Anúncios -

Contudo, a tabela do imposto segue sem correção desde 2015, o que ampliará muito o número de contribuintes que estarão obrigados a prestar contas com o leão.

Informações do Sindifisco Nacional — sindicato de auditores da Receita Federal — identificaram que a isenção do tributo beneficiava quem recebia até nove salários mínimos em 1996. Contudo, essa relação caiu para 1,57 em 2022 e agora em 1,46 em 2023.

Milhões de trabalhadores terão que declarar IR

Destaques sobre *** por e-mail

Devido aos avanços da inflação e o reajuste do salário mínimo de 2023, fixado em R$ 1.302, os trabalhadores de baixa renda, que ganham um salário e meio, estarão obrigados a declarar o imposto de renda.

Em 2023, um salário mínimo e meio chega aos R $1.953, obrigando o trabalhador a ter que pagar o imposto de renda se a tabela não for corrigida pelo governo, sendo obrigado a realizar a declaração anual no ano que vem.

Veja a tabela do Imposto de Renda para este ano de 2023, caso não haja nenhuma mudança de última hora:

Valor do salário Alíquota do Imposto de Renda Parcela dedutível
Até R$1.903,98 Isento 0
De R$1.903,99 até R$2.826,65 7,5% 142,8
De R$2.826,66 até R$3.751,05 15% 354,8
De R$3.751,06 até R$4.664,68 22,5% 636,13
Acima de R$ 4.664,68 27,5% 869,36

Essa defasagem não preocupa somente os trabalhadores, como também vem preocupando parlamentares que possuem diversos projetos de lei que buscam a correção da tabela. Vale lembrar que a última correção aconteceu há oito anos .

Na época em que a tabela passou pela última correção, em que se elevou o valor para R$ 1.903,98, esse valor representava cerca de 2,5 vezes o salário mínimo, fixado em R$ 788 em 2015.

Com a defasagem da tabela, outro fator que contribui cada vez mais para que pessoas de baixa renda estejam caindo na incidência do imposto de renda é a própria inflação.

Isso porque, desde 2015, quando a tabela passou pela última correção, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), acumula uma alta incrível de mais de 59%.

O novo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que só irá corrigir a tabela do IR em 2024.

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis