Não está no último lote de restituição do IR? Veja como proceder

Sua declaração caiu na malha fina e será preciso realizar consulta no site da Receita
- Anúncios -

Nesta sexta-feira, dia 30 de setembro, a Receita Federal vai pagar o 5° e último lote de restituições do Imposto de Renda 2022. Contudo, as consultas já foram liberadas na semana passada. Seu nome não apareceu? Então, você caiu na chamada malha fina.

 

- Anúncios -

Quer saber como sair dessa? Acompanhe o texto!

O que significa cair na malha fina?

Basicamente, “cair na malha fina” significa que a declaração do Imposto de Renda ficará retida na Receita Federal por conta de alguns erros – sejam valores incorretos, omitir rendimentos, informações cadastrais erradas, entre outros.

Destaques sobre *** por e-mail

 

Todavia, também pode acontecer da Receita Federal reter sua declaração por falta de documentos que comprovem as informações declaradas.  

 

Os especialistas tributários afirmam que a situação é mais comum do que se pensa. Um dos principais problemas apresentados em declarações do IR são despesas com dependentes, que estão pendentes de comprovação, assim como despesas médicas.

O que fazer para sair dessa situação?

Neste caso, será preciso realizar uma consulta para saber o motivo. Veja a seguir como proceder:

 

1 – Acesse o Centro de Atendimento Virtual (e-CAC), 

2 – Selecione a opção “Meu Imposto de Renda” 

3 – Na aba “processamento”, escolha o item “pendências de malha” e veja se você caiu na malha fina e o motivo pelo qual aconteceu.

 

Nessa linha, existem dois caminhos a seguir:

  • Se a declaração tem informações incorretas ou incompletas, é possível fazer a retificação com as correções necessárias através do programa gerador da declaração – o mesmo por onde a declaração é enviada.
  • Se a declaração retida está correta e o contribuinte tem os documentos que comprovem as informações, é preciso aguardar o Termo de Intimação ou a Notificação de Lançamento da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil ou agendar um atendimento para a entrega da documentação. É possível agendar o atendimento na área Meu Imposto de Renda, no extrato da declaração.

 

Caso o contribuinte não tenha êxito em nenhuma das duas opções, será preciso aguardar até 2 janeiro de 2023. Nesta data é possível agendar uma visita presencial até a Receita e corrigir o erro.

 

Após resolver as pendências, a Receita inclui o contribuinte em um lote residual de pagamento, cujas datas ainda não foram liberadas.

Notificações aos contribuintes

A Receita Federal está emitindo 444 mil correspondências para contribuintes com declarações na malha fina neste mês. O objetivo é avisar que, em caso de erro na declaração apresentada, este é o momento para regularizar a situação.

 

Caso você caia na malha fina do Leão, o recomendado por especialistas é realizar o procedimento explicado acima a fim de identificar qual foi o problema ocorrido durante o preenchimento.

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis