MEI: aprenda a acompanhar todo o seu extrato de contribuição para o INSS

- Anúncios -

O MEI realiza, mensalmente, o pagamento do DAS no valor de R$ 60, que conta com os impostos para manter o CNPJ aberto e também para a contribuição do INSS. Essa é uma das principais obrigações dos microempreendedores individuais, mesmo que eles estejam sem faturamento mensal. 

É importante acompanhar o saldo de contribuição do INSS pelo fato de que muitas pessoas fazem o pagamento do boleto através de aplicativos porque não conseguem emitir o boleto através do site da Fazenda.  E, em alguns casos, esses aplicativos podem ter “bugs” que resultam no pagamento e, ao mesmo tempo, não contribuem para os programas do INSS. 

- Anúncios -

Como posso acompanhar minhas contribuições MEI?

Para que o MEI possa acompanhar as contribuições do INSS através do pagamento do DAS, basta baixar o aplicativo MEU INSS, fazer o login com sua conta do GOV e clicar em “extrato de contribuições”. Basta analisar todos os meses em que houve a contribuição e, se tiver algum que está faltando mas que, ao mesmo tempo houve contribuição, é necessário entrar em contato com o SAC do aplicativo em que houve o pagamento. 

O que fazer para evitar problemas?

Destaques sobre *** por e-mail

Para que você consiga evitar problemas futuros com o pagamento via aplicativo, é necessário que faça a contribuição do INSS através do próprio portal da Fazenda. Nele, basta que o MEI crie uma chave de acesso e informe o CNPJ da empresa. O processo é bastante simples, rápido e prático. 

MEI: suas obrigações em dia

O MEI tem poucas obrigações fiscais, mas isso não anula o fato de que elas existam. Em suma, a primeira delas é o pagamento mensal do DAS e, em segundo lugar, temos também a Declaração Anual de Faturamento que deve ser entregue até o dia 31 de maio de todos os anos. 

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis