Pagamentos do PIS/Pasep: mais grupos recebem a partir de hoje (17)

Serão pagas mais de 4,1 milhões de parcelas do abono salarial
- Anúncio -

Se você trabalhou de carteira assinada no ano de 2021 ou é servidor público e nasceu em maio ou em junho já pode conferir seu extrato bancário. É que nesta segunda-feira, dia 17, a Caixa Econômica e o Banco do Brasil dão seguimento aos pagamentos relativos ao PIS/Pasep.

Além disso, os trabalhadores do terceiro lote extra, compostos por pessoas nascidas entre janeiro e abril, que têm direito ao benefício, mas não receberam na data correta devido a alguma divergência nos dados, também receberão  a partir desta segunda (17).

- Anúncio -

De acordo com as informações do governo federal, neste mês serão pagas 4,1 milhões de parcelas, totalizando R$ 4 bilhões. No decorrer do ano de 2023, quase 23 milhões de trabalhadores receberão o abono.

dessa forma, o calendário de pagamentos seguirá até julho, e o saque poderá ser feito até o dia 28 de dezembro.

Desde fevereiro que o Governo vem liberando as parcelas relativas ao PIS/Pasep, ano-base 2021. Quer saber mais a respeito? Acompanhe!

Destaques sobre *** por e-mail

Quem tem direito ao PIS/Pasep?

Tem direito ao abono do PIS/Pasep 2023, ano-base 2021, o trabalhador que:

  • Trabalhou com carteira assinada por ao menos 30 dias em 2021
  • Recebeu até dois salários mínimos
  • Está inscrito no PIS/Pasep há ao menos cinco anos
  • Teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Rais e no eSocial

Quem está apto a receber o benefício?

Segue a lista de pagamentos para quatro grupos que receberão o benefício neste mês de abril. Acompanhe:

  • Nascidos no mês de maio: a partir do dia 17 de abril (PIS);
  • Nascidos no mês de junho: a partir do dia 17 de abril (PIS);
  • Número de inscrição com o final 2: a partir do dia 17 de abril (Pasep);
  • Número de inscrição com o final 3: a partir do dia 17 de abril (Pasep).

Qual o valor do PIS/Pasep?

O valor do benefício é proporcional ao período em que o trabalhador esteve empregado com carteira assinada em 2021. Portanto, cada mês trabalhado corresponde a R$ 108,50, e períodos iguais ou superiores a 15 dias contam como um mês cheio. o valor máximo de saque é relativo a um salário mínimo (R$ 1.302 atuais)

Quem não tem direito ao abono?

Todavia, não são todos os trabalhadores que têm direito. Por exemplo, empregados e empregadas domésticas, trabalhadores rurais empregados por pessoa física, trabalhadores urbanos empregados por pessoa física e trabalhadores empregados por pessoa física equiparada à jurídica não podem sacar o abono. 

Como consultar o PIS/Pasep?

Assim, as consultas ao valor do abono e informações sobre o pagamento podem ser de várias maneiras. Veja:

  • Através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital;
  • Através do aplicativo  Caixa Tem; 
  • Pelo número 158.
- Anúncio -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis