Seguro-desemprego: como realizar o pedido pela internet?

Veja como dar entrada neste direito sem precisar sair de casa
- Anúncios -

Já era possível dar entrada no seguro-desemprego pela internet. Mesmo assim, o cidadão tinha que comparecer a um posto de atendimento para conferência da documentação. Agora, todas as etapas poderão ser 100% online. 

Desta forma, A ida a uma unidade do Sine só será necessária em caso de pendências ou divergências cadastrais. Se você já trabalhou com carteira assinada e foi demitido sem justa causa deve ter recebido uma ajuda financeira do governo por um tempo. 

- Anúncios -

Assim, na leitura a seguir, vamos explicar como dar entrada neste direito sem precisar sair de casa. Veja.

Como dar entrada no seguro-desemprego?

O processo pode ser feito inteiramente online, através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital.

Destaques sobre *** por e-mail

É importante deixar bem explicado que o seguro-desemprego pode ser solicitado pelos trabalhadores em um período de 7 a 120 após a data de sua demissão.

Para dar entrada no seguro-desemprego o trabalhador precisa ter em mãos os seguintes documentos:

  • CPF;
  • Carteira de Trabalho;
  • Requerimento do seguro-desemprego (requerimento disponibilizado pelo empregador).

Com os documentos em mãos siga o passo a passo abaixo:

  • Baixe o aplicativo Carteira de Trabalho Digital em seu celular;
  • Faça o login ou crie uma conta no portal gov.br;
  • Na próxima tela o trabalhador terá acesso às informações de sua Carteira de Trabalho;
  • Ao verificar as informações clique em “Benefícios” e acesse o seguro-desemprego;
  • Clique em “Solicitar”;
  • Informe o número do requerimento que a empresa lhe disponibilizou e clique em “Avançar” no fim da tela;
  • Nesta etapa verifique os dados referentes ao seu período trabalhado, motivo e dispensa e o valor dos últimos salários;
  • Por fim, leia tudo atentamente e clique em “Confirmar” para finalizar o seu pedido.

Em suma, seguindo todas as orientações, o sistema ficará encarregado de analisar os documentos informados e os que estão cadastrados nas bases do governo.

Por fim, o próprio aplicativo informará na hora se o seguro-desemprego teve concessão ou não. Além disso, no mesmo instante o trabalhador poderá consultar o valor do benefício, datas de liberação e quantidade de parcelas a receber.

Com relação ao início dos pagamentos do seguro-desemprego, o valor será liberado 20 dias após a solicitação do benefício no sistema do governo.

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis