Aposentado por invalidez? Cuidado com as redes socias

Independente da idade, é possível que o cidadão possa se aposentar por invalidez. Entretanto, é necessário tomar alguns cuidados com o INSS para que não tenha o seu programa cortado.  O valor da aposentadoria depende do tempo em que houve contribuição e tem o valor mínimo de R$ 1100. 

Aposentado por invalidez? Cuidado!

Um dos principais cuidados é com as redes sociais. Muitas pessoas que são aposentadas costumam realizar serviços por fora como autônomos, seja dentro de empresas ou como um pequeno negócio como a venda de brigadeiros e bolos. Então, ao publicar que tem um novo emprego e quem possui capacidades para trabalhar ao postar essas fotos relacionadas, o programa pode cortar o seu benefício ao fazer uma análise mais aprofundada. 

Além disso, as transações bancárias podem dizer muito sobre sua renda. Ao fazer grandes movimentações enquanto está desempregado, pode chamar a atenção bancária.

Atestado médico

Uma dica é: sempre que ir até o médico, peça um atestado (por mais que não trabalhe) e o guarde dentro de uma pasta. Sendo assim, quando ocorrer o pente fino do INSS e dos aposentados por invalidez, poderá levar todos os documentos e comprovar a situação de forma mais rápida já que tem acompanhamento. 

É indicado ir ao médico, dependendo da situação, com regularidade. Não há a necessidade de guardar comprovante de dentista ou de outras áreas que não são aquelas das quais houve a confirmação da invalidez. 

Valor de contribuição

O valor de contribuição para a aposentadoria depende do seu salário. Ou seja, pessoas que recebem até um salário mínimo, R$ 1100, devem contribuir com 7,5%, enquanto aquelas que recebem entre R$ 3.305,23 até R$ 6.433,57, devem contribuir com 14% do valor. 

Basta dividir o total por 100 e multiplicar pela porcentagem do que deve ser pago para ter noção do quanto contribui. 

Acompanhe o Otrabalhador para saber mais sobre. 

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER