Qual deveria ser o valor do salário mínimo? Veja dados

De acordo com uma pesquisa desenvolvida pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – Dieese, mostra que o valor médio  de um salário mínimo para uma família com cerca de 4 integrantes seria de R$5.583,90. Isso porque o aumento da cesta básica já ocorreu em mais de 11 estados somente no mês de agosto. Seguindo a inflação a 9,6% no acumulado, a perda de poder de compra dos brasileiros já superou a marca de R$ 62 a cada R$ 1100. 

Uma forma que vem sendo encontrada para controlar o valor da inflação é o aumento da taxa Selic para 6,2%. Até o final do ano é estimado que os juros básicos alcancem a pontuação de 8,5% ao ano – deixando assim, os investimentos mais rentáveis, principalmente as alternativas voltadas para a renda fixa. 

Quais são os impactos da inflação brasileira na economia e no salário mínimo?

Supondo que o salário mínimo fosse de R$ 100. Com esse valor, poderia comprar 5 kg de carne. No entanto, quando a carne aumenta, indo para R$ 40, por exemplo, é possível comprar apenas 2,5 kg. Ou seja, há a diminuição do poder de compra para os brasileiros.

E é isso que vem acontecendo com o salário mínimo: está estagnado enquanto tudo vem aumentando. O correto, como a carne foi para R$ 40 e duplicou o valor, seria do salário ir para R$ 200 e acompanhar essa desvalorização para que o brasileiro continuasse com o mesmo poder de compra. No entanto, não é isso que acontece. 

O preço de inúmeros produtos do nosso dia a dia mudou, inclusive o diesel que já teve aumentos acima de 60% enquanto a gasolina também apresentou porcentagem semelhante. Enquanto isso, a Petrobras argumenta que precisa realizar um novo reajuste para que a população não fique sem combustíveis. O preço do arroz, carne e feijão também aumentou.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER