Como ser beneficiada com a distribuição de absorventes no RJ?

O estado do Rio de Janeiro, RJ, determinou que irá distribuir absorventes gratuitamente para as estudantes do ensino público estadual. Até o momento, é previsto que mais de 300 mil adolescentes sejam beneficiados com o programa, que foi criado após o presidente Jair Bolsonaro ter vetado o projeto em escala nacional devido a “falta de  descrições sobre a origem da verba”. 

O recurso será custeado pela Secretaria Estadual de Educação (Seeduc) e é previsto que os itens estejam sendo disponibilizados nos banheiros das escolas estaduais. Para quem estuda em escola municipal, não terá como participar do programa. 

No entanto, um projeto estadual prevê que haverá a distribuição somente para pessoas específicas e cada mulher ou adolescente pode receber cerca de 32 absorventes por mês. Totalizando uma média de 4 pacotes. 

Pesquisas publicadas pelo portal do G1 e também do UOL argumentam que meninas usam miolo de pão para ir à escola e não ter vazamentos. Grupos de oposição criticaram a decisão estadual com argumentos como: “não pago imposto para isso!”, “antigamente, a gente usava paninho e ninguém estava reclamando, agora querem luxo mas não querem pagar!”

Além das estudantes do ensino médio e fundamental, outros grupos de mulheres também podem receber o programa de absorventes gratuitos como: mulheres que moram nas ruas, presidiárias e apreendidas, pessoas em vulnerabilidade social, internadas em unidades socioeducativas. 

Mais notícias da semana

Nesta segunda-feira (18), o Caixa TEM iniciou os pagamentos da sétima parcela do auxílio emergencial para os beneficiários com o final do NIS 1. Os nascidos em janeiro e outros grupos que recebiam de acordo com o mês de aniversário puderam ser beneficiados a partir do dia 20 deste mês. Os valores podem variar de acordo com a estrutura familiar, indo de R$ 150 até R$ 375. 

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER