Municípios em estado de emergência podem sacar FGTS

Ao menos 55 cidades que estão localizadas em estados como Rio de Janeiro e Minas Gerais decretaram estado de emergência durante o primeiro trimestre deste ano após o excesso de chuvas e inundações.  De acordo com a Caixa, esses grupos possuem até o final de abril para ir até  uma agência retirar o valor de até R$ 6,2 mil do FGTS emergencial antes que ele seja bloqueado novamente. O valor está disponível  como forma de auxiliar as famílias a conseguirem comprar os alimentos e pagar as contas. 

Existem outras situações em que os cidadãos podem fazer o saque  do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, como em caso de demissão sem que seja por justa causa, falecimento do trabalhador e até mesmo o surgimento de alguma doença que pode colocar em risco a sua vida como o câncer. 

Em suma, as empresas devem pagar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço somente para os seus clientes que estão atuando com a carteira de trabalho assinada, ou seja, na modalidade de CLT. 

Petrópolis foi um dos casos mais graves de enchente e liberação do FGTS

A cidade de Petrópolis, que está localizada no estado do Rio de Janeiro, contou com centenas de mortos após as chuvas que tiveram a duração de apenas 6 horas e acionaram pelo menos 60 deslizamentos. Em imagens que estavam sendo compartilhadas nas redes sócias uma mulher estava procurando a sua filha de apenas 17 anos com a sobrinha de um ano que teriam sido soterradas. No vídeo, a mulher estava fazendo o uso de enxadas para conseguir remover o excesso de terra. 

Prazo para solicitar o saque 

CIDADES CONTEMPLADAS COM SAQUE FGTS PRAZO PARA SOLICITAR O SAQUE
IBICUÍ (BA) POSSUEM ATÉ 28 DE MARÇO
TEOLÂNDIA POSSUEM ATÉ 12 DE ABRIL
JUATUBA POSSUEM ATÉ 14 DE ABRIL