Vale-gás: veja como consultar saldo sem sair de casa

O vale-gás nacional do Governo Federal já tem data para ser retomado. A partir do próximo dia 9 de agosto, o programa voltará a fazer os seus pagamentos. Na próxima liberação, o projeto social já contará com as mudanças estruturais aplicadas pela aprovação da PEC dos Benefícios. Os cidadãos podem fazer a consulta sem precisar sair de casa.

De acordo com o Ministério da Cidadania, tanto os cidadãos que já estão na folha de pagamentos, como aqueles que ainda não entraram na lista podem fazer a consulta online. Para tanto, basta abrir o app do Auxílio Brasil ou mesmo o do Caixa Tem. Os dois aplicativos já estão disponíveis para download.

A consulta pode ser feita apresentando apenas alguns dados básicos de login como o CPF, por exemplo. Quem não tem acesso à internet, ou prefere usar outros meios, pode fazer a verificação através do celular. Para ligar para o Ministério da Cidadania, o número é 121. Já o contato da Caixa Econômica Federal é o 111.

A partir de agosto, o Governo Federal terá que pagar o saldo completo do preço médio nacional do botijão de gás de 13kg. Até o último mês de junho, o repasse poderia ser de apenas metade deste valor. Com a mudança, o pagamento do vale-gás nacional poderá ser dobrado. As alterações são válidas apenas até o final deste ano.

A PEC dos Benefícios não prevê um aumento significativo no número de usuários do vale-gás nacional. Hoje, o Ministério da Cidadania estima que cerca de 5 milhões de usuários estejam dentro da folha de pagamentos do programa. Novas entradas podem acontecer em agosto, mas é pouco provável que o aumento seja grande.

O vale-gás nacional

O vale-gás nacional é um programa social de autoria do poder legislativo e que foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda no final do ano passado. O primeiro pagamento do novo benefício aconteceu ainda em dezembro de 2021.

Naquela ocasião, o Governo Federal decidiu liberar os repasses do programa apenas para as pessoas que residiam em estados fortemente atingidos pelas chuvas naquele momento. Baianos e mineiros estavam entre os beneficiados.

Em tese, para fazer parte do vale-gás nacional é necessário ter um cadastro ativo no Cadúnico ou ao menos no Benefício de Prestação Continuada (BPC) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Além disso, é preciso ter uma renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 606).

Ao todo, estima-se que mais de 24 milhões de brasileiros se encaixam nas regras de entrada do vale-gás nacional. Contudo, apenas pouco mais de 5 milhões de pessoas estão conseguindo receber o saldo neste ano de 2022.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER