Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago hoje

O Auxílio Brasil – principal programa de distribuição de renda do governo federal – passará a pagar parcelas mínimas de R$ 600 para as famílias cadastradas no programa. Nesta terça-feira, dia 09, começam a receber o benefício quem tem o NIS terminado em 1. 

O valor de R$ 600 é o piso do programa Auxílio Brasil, e será pago a todas as famílias que tiveram cadastro aprovado e que estão com as informações em dia no CadÚnico.

A antecipação do calendário, porém, foi confirmada apenas para o mês de agosto. De setembro a dezembro, as datas de pagamento previstas seguem as mesmas.

O aumento de R$ 200 reais vai ser pago até dezembro e foi aprovado pela Emenda Constitucional 123, a chamada “PEC Kamikaze”, que criou um estado de emergência para aumentar as despesas do governo fora do teto de gastos e driblou a lei eleitoral, que proíbe aumento de benefícios sociais em ano de eleições.

As 5,7 milhões de famílias do Auxílio Brasil que recebem o Val-Gás também vão receber o benefício em dobro em agosto, outubro e dezembro, nas mesmas datas de pagamento do Auxílio Brasil. 

O novo valor do Vale-Gás até o fim do ano será de R$ 110. Confira a seguir, as datas dos pagamentos para este mês.

Calendário Auxílio Brasil de Agosto

  • NIS de final 1 – 09 de agosto;
  • NIS de final 2 – 10 de agosto;
  • NIS de final 3 – 11 de agosto;
  • NIS de final 4 – 12 de agosto;
  • NIS de final 5 – 15 de agosto;
  • NIS de final 6 – 16 de agosto;
  • NIS de final 7 – 17 de agosto;
  • NIS de final 8 – 18 de agosto;
  • NIS de final 9 – 19 de agosto;
  • NIS de final 0 – 22 de agosto.

Outra novidade é o acesso a linhas de crédito consignado aos beneficiários do Auxílio Brasil. Uma portaria será editada em breve com as regras básicas para a oferta. Os prazos, juros, valores e detalhes ainda não foram revelados ainda. 

Como saber se tenho direito ao Auxílio Brasil?

Podem participar do Auxílio Brasil as famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham gestantes, mães que amamentam, crianças, adolescentes e jovens entre 0 e 21 anos incompletos.

As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda familiar per capita de zero a R$ 100,00 (cem reais). As famílias pobres são aquelas que têm renda familiar per capita de R$ 100,01 (cem reais e um centavo) a R$ 200,00 (duzentos reais).

Para se candidatar ao Programa é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e tenha atualizado seus dados cadastrais nos últimos 2 anos. 

Caso atenda aos requisitos de renda e não esteja inscrito, procure o responsável pelo Programa Auxílio Brasil na prefeitura de sua cidade para realizar o cadastramento no Cadastro Único.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER