Bolsonaro fala em taxar lucros para bancar Auxílio

Presidente Jair Bolsonaro disse que já conversou com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, sobre o futuro do Auxílio Brasil
- Anúncios -

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a dizer que já sabe como manter o Auxílio Brasil do Governo Federal na casa dos R$ 600 em 2023. Hoje, a indicação oficial é de que o saldo somente será pago até o final deste ano. De todo modo, o candidato do PL disse que sabe como encontrar espaço no orçamento.

“Hoje, com o apoio de vocês, com a renegociação na questão dos precatórios foi para R$ 400 em definitivo e está garantido agora pela equipe econômica”, disse Bolsonaro se referindo ao valor base do Auxílio Brasil, que já está definido em lei, e que há foi aprovado pelo Congresso Nacional.

- Anúncios -

“Conversei já com Arthur Lira (presidente da Câmara dos Deputados), uma proposta sobre taxação de dividendos, que não vai atingir quem ganha menos de R$ 400 mil por mês, tem o suficiente para tornar definitivo esse programa de R$ 600”, completou o presidente. A proposta está em análise também no Ministério da Economia.

Depois deste encontro com o presidente Jair Bolsonaro, Arthur Lira já se encontrou com o Ministro da Economia, Paulo Guedes. Os dois falaram não apenas sobre a proposta de manutenção do valor do Auxílio Brasil para 2022, mas também sobre a questão do pagamento do adicional de R$ 200 para quem conseguir um emprego formal.

Nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro engrossou o coro das promessas da sua campanha sobre o Auxílio Brasil. Ele disse que poderá pagar uma espécie de 13º para todas as mulheres que fazem parte do programa social. Hoje, estima-se que mais de 80% do público do benefício seja do sexo feminino.

Destaques sobre *** por e-mail

Auxílio Brasil

O Auxílio Brasil é um programa social do Governo Federal. Inicialmente, a ideia do projeto era fazer repasses de R$ 400 mínimos por família. Esta lógica foi mantida durante todo o primeiro semestre deste ano de 2022.

Em julho, o Congresso Nacional aprovou a chamada PEC dos Benefícios. Entre outros pontos, o documento permitiu uma maior abertura do orçamento para este ano. Consequentemente, o Governo conseguiu pagar um aumento no valor do Auxílio.

Desde agosto, os usuários do programa social estão recebendo valores mínimos de R$ 600 por família. Contudo, esta regra é finita, é só é oficialmente válida até o final deste ano de 2022.

Independente do resultado da eleição, o presidente que for eleito terá que apresentar uma nova fonte de custeio, caso queira manter a promessa de pagar R$ 600 por mês também durante o próximo ano.

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis