Ministro confirma informação sobre atualização do Cadúnico

Ministro da Cidadania falou sobre a possibilidade de prolongar mais uma vez o prazo de atualização do sistema do Cadúnico esta semana
- Anúncios -

O Ministério da Cidadania confirmou que não vai esticar o prazo para a atualização do sistema do Cadúnico. O prazo para este procedimento acabou na última sexta-feira (11) e quem não realizou o processo poderá perder o direito de receber benefícios sociais como o Auxílio Brasil e o vale-gás nacional, por exemplo.

As pessoas que precisavam atualizar o cadastro no Cadúnico são aquelas que se inscreveram nos anos de 2016 e 2017, e que não fizeram nenhuma atualização no sistema desde então. Nos últimos meses, estes indivíduos receberam notificações com avisos para que a atualização fosse feita o quanto antes.

- Anúncios -

Cerca de 214 mil famílias poderão perder o benefício por causa da falta de atualização do sistema do Cadúnico. Neste primeiro momento, elas passarão apenas por uma suspensão, mas depois de um determinado período de tempo, elas poderão ter um bloqueio total do sistema de pagamentos.

Vale lembrar que o prazo para a atualização do sistema já chegou a ser oficialmente prorrogado por mais de um mês. Em entrevista, o Ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento, deixou claro que não haverá uma terceira chance para as famílias que mesmo depois deste segundo prazo não atualizaram as suas informações.

Existia uma preocupação em relação ao sistema de atualização do Cadúnico porque desde que o Ministério da Cidadania passou a falar sobre o tema, centenas de milhares de pessoas correram para os Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) formando assim várias filas.

Destaques sobre *** por e-mail

O Ministério não indica quantas pessoas podem ter deixado de atualizar o sistema.

O Cadúnico

O Cadúnico é uma espécie de lista do Governo Federal que reúne os nomes das famílias que estão em situação de vulnerabilidade social. É a partir dos dados contidos nesta lista que o poder executivo cria políticas públicas para estas pessoas.

O Cadúnico é a base de dados escolhida pelo Governo Federal para decidir quem são as pessoas que podem receber programas sociais como o Auxílio Brasil, o vale-gás nacional e até mesmo a Tarifa Social de Energia Elétrica.

Para fazer parte do Cadúnico, o cidadão precisa entrar em contato com a Prefeitura da sua cidade. Embora a lista pertença ao Governo Federal, são as gestões municipais que decidem como o processo de entrada no sistema ocorre.

A simples entrada no Cadúnico, no entanto, não garante automaticamente o recebimento do Auxílio Brasil ou de qualquer outro programa social. De todo modo, quem está no sistema poderá para ter mais chances de seleção.

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis