Como obter uma Antena Digital 5G gratuita pelo CadÚnico

A tecnologia 5G têm uma captação melhor do sinal, incluindo a internet
- Anúncios -

De acordo com o Ministério da Economia, as famílias que fazem parte do Cadastro Único para Programas Sociais e que utilizam antenas parabólicas convencionais (TVRO) nas capitais onde o 5G já está ativado podem agendar para receber kits com sinal digital. 

Os equipamentos de recepção do sinal são mais modernos, com melhor qualidade de som e imagem, e visam garantir que não haja interferência nos canais abertos de TV via satélite com a chegada da tecnologia.

- Anúncios -

A ação é coordenada pela Siga Antenado (Entidade Administradora de Faixa – EAF), com o apoio do Ministério das Comunicações e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Contato pelo site Siga antenado

As famílias que cumprirem os requisitos (ver abaixo) devem entrar em contato com a central de atendimento da Siga Antenado para envio dos dados pelo telefone 0800 729 2404 ou pelo site e acessar “Programa de Distribuição de Kits”. 

Destaques sobre *** por e-mail

Quem utiliza antenas digitais externas, tipo espinha de peixe, ou interna para assistir sua programação, já tem acesso à TV Digital e não precisará fazer o agendamento. O mesmo ocorre para quem possui TV por assinatura.

A instalação dos equipamentos é gratuita para a população que está inserida no Cadastro Único. Para saber se tem direito ao kit, é necessário ligar para o telefone disponibilizado e informar o CPF.

Requisitos para obter a acesso ao 5G

Além de estar inscrito no Cadastro Único é preciso:

  • Fazer parte de algum programa social do Governo Federal, como o Auxílio Brasil. (inscrito no Cadastro Único);
  • Possuir uma antena parabólica tradicional;
  • A antena parabólica deve estar devidamente instalada e conectada à TV para assistir à programação.

Como fazer o Cadastro Único

Para fazer o Cadastro Único, basta ter mais de 16 anos e ir até um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) com um dos seguintes documentos: 

  • RG, 
  • Certidão de Nascimento, 
  • Certidão de Casamento (se houver), 
  • CPF, 
  • Título de Eleitor, 
  • Carteira de Trabalho ou 
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena.
- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis