FGTS: veja até quando é possível sacar saldo de até R$1 mil

Fundo de Garantia Extraordinário ainda pode ser sacado. Veja detalhes sobre os pagamentos do benefício para trabalhadores formais
- Anúncios -

Trabalhadores com assinatura na carteira que ainda não sacaram o saldo de até R$ 1 mil do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) ainda podem realizar o saque. De acordo com as informações oficiais, estes cidadãos podem pegar este dinheiro até o próximo dia 15 de dezembro deste ano.

Para saber se o dinheiro está em sua conta poupança social digital, basta consultar as informações no app do FGTS. Caso seu perfil não tenha nenhum saldo, também é possível fazer a solicitação do dinheiro. Em caso de resposta positiva, o benefício poderá ser depositado em um período de até 5 dias úteis.

- Anúncios -

O trabalhador que tem direito ao saldo e que ainda assim não movimentar o dinheiro até o dia 15 de dezembro, terá o saldo retido mais uma vez no Fundo de Garantia. Desta forma, ele só poderá movimentar a quantia mais uma vez em situações específicas, como no saque aniversário ou em uma demissão sem justa causa, por exemplo.

O dinheiro do saque extraordinário começou a ser pago ainda em abril deste ano de forma escalonada. Os depósitos obedeciam a um calendário que tomava como base o mês de aniversário de cada trabalhador. Passado o pagamento, o dinheiro ainda pode ser movimentado por todos os grupos até o dia 15 de dezembro.

O Governo explica que nem todos os trabalhadores terão o direito de receber o FGTS extraordinário no exato valor de R$ 1 mil. A ideia é que os usuários possam retirar até R$ 1 mil. Quem tem um patamar maior em suas contas, não poderá ultrapassar este limite. Quem tem menos, poderá sacar o seu dinheiro de forma completa.

Destaques sobre *** por e-mail

Pessoas que não sacaram

Em tese, o cidadão que não quer receber este dinheiro agora teve a oportunidade de fazer a solicitação de retorno da quantia ao Fundo de Garantia.

De qualquer forma, quem não quer usar o saldo, pode simplesmente não realizar nenhuma movimentação na quantia. Assim, o montante vai voltar para o Fundo de Garantia automaticamente depois do dia 15 de dezembro.

De acordo com a atualização mais recente, mais de 12 milhões de brasileiros ainda não realizaram nenhum tipo de movimentação do saldo, mesmo tendo o direito de usar a quantia.

Movimentação do FGTS

Como dito, o pagamento do FGTS extraordinário acontece em uma conta poupança social digital. Para movimentar o saldo, basta fazer uso do app do Caixa Tem.

Através da aplicação, é possível pagar contas na forma de boletos, transferir saldos para outros bancos e até mesmo gerar um código para saques em agências e correspondentes.

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis