Quanto custa regularizar o CNPJ?

Registro é de fundamental importância para estar regular com os órgãos públicos
- Anúncios -

Empreendedores devem ficar atentos às regras para não perder o seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). Isso porque a sua inscrição pode ser suspensa ou cancelada caso você cometa alguns erros. Uma das principais coisas para uma gestão mais tranquila da sua empresa, é imprescindível estar com o CNPJ em dia junto à Receita Federal. 

Mas como consultar a situação do CNPJ? Estando irregular, como fazer para colocar em dia? Este processo pode ser feito pela internet?

- Anúncios -

Acompanhe a leitura a seguir.

Como saber se o CNPJ está irregular?

Primeiro é preciso verificar qual é a irregularidade junto à Receita Federal. Isso pode acontecer se a sua empresa, por exemplo, deixar de apresentar alguma declaração ou demonstrativo nos últimos dois anos.

Destaques sobre *** por e-mail

Mas podem haver outras razões entre elas estão:

  • Não realizar o pagamento de tributos federais, estaduais ou municipais;
  • Estar irregular em transações no comércio exterior;
  • Omitir alguma declaração ou demonstrativo financeiro;
  • Ter problemas com a Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP);
  • Adversidades com a Escrituração Contábil e Fiscal (ECF);
  • Não entregar a Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF);
  • Não fazer a Relação Anual de Informações e Salários (RAIS).

Outro ponto que pode gerar algum tipo de problema é ter a empresa classificada como inativa. A empresa é considerada inativa quando não há nenhum movimento em nenhuma atividade, seja ela operacional, não operacional, patrimonial ou financeira. 

‍Quais são os problemas de um CNPJ irregular?

Com o CNPJ irregular, a gestão de negócio não funciona perfeitamente. Isso impacta diretamente no funcionamento dos processos de trabalho. Assim, a empresa fica com as seguintes limitações:

  • Impossibilidade de emitir notas fiscais;
  • Não consegue adquirir empréstimo ou financiamento empresarial;
  • Proibição em participar de licitações;
  • Não consegue movimentar contas bancárias;
  • Impedimento de realizar operações comerciais.

Quando a Receita Federal encontra qualquer irregularidade, o problema é comunicado imediatamente para a pessoa jurídica. O mais indicado é que a situação cadastral seja verificada rapidamente. E se a regularização do CNPJ não for feita com urgência, o registro pode até ser cancelado.

Como regularizar o CNPJ?

Regularizar CNPJ não é um bicho de sete cabeças. Muito pelo contrário, é muito fácil e precisa de apenas dois passos. Trata-se de algo sem burocracia que pode ajudar sua empresa a estar sempre em dia e sem problemas futuros. 

Basicamente, é preciso entender quais são as pendências que a sua empresa tem junto à Receita Federal, e isso vai desde processos judiciais e, até mesmo, dívidas tributárias. Mas a consulta pode ser feita de forma online, pelo site da Receita Federal. É só inserir seu CNPJ e clicar em consultar.

Veja quais são os tipos de situação cadastral que a sua empresa pode estar enquadrada:

  • CNPJ ativo: a pessoa jurídica está regularizada e não existem pendências;
  • CNPJ inativo: a empresa não faz nenhuma operação ou atividade financeira, operacional, patrimonial dentro do ano-calendário. Mas se o CNPJ continua contribuindo com suas obrigações legais e fiscais não se enquadra nessa categoria;
  • CNPJ suspenso: existe algum problema com o CNPJ, desde não cumprimento de obrigações legais a inconsistência de dados ou fraudes;
  • CNPJ inapto: empresas que ficam dois anos consecutivos ou mais sem apresentar demonstrativos e declarações contábeis, como declaração de créditos e débitos tributários e declaração simplificada de pessoa jurídica;
  • CNPJ baixado: a empresa fez o pedido da baixa do CNPJ, ou seja, a desativação do cadastro;
  • CNPJ nulo: pessoas jurídicas que tenham duplicidade de inscrição municipal ou estadual ou ações ilícitas no ato de registro.

Na maioria das situações acima, é possível regularizar CNPJ. No caso do CNPJ inativo, basta voltar a realizar as atividades da empresa. Não espere que ele seja baixado ou anulado, pois, nesses casos, não há como reativar. 

Quanto custa para regularizar um CNPJ?

O valor total da regularização do CNPJ vai depender dos valores em aberto junto à Receita Federal e a outros órgãos públicos. Além das dívidas referentes à documentação encaminhada, é importante saber que a multa aplicada para entregas fora do prazo é de R$ 200.

Esse valor pode ser aumentado, dependendo da situação fiscal e do tipo de empresa. Contudo, a Receita Federal concede descontos progressivos de até 50%, caso a realização do pagamento seja realizada no prazo de 30 dias. 

A multa também é variável conforme o enquadramento tributário da empresa. Ainda é fator determinante para o valor da multa o tempo em que o documento ficou inapto.

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis