Dataprev anuncia nova chance para contestar o auxílio emergencial 2021

- Anúncios -

O DataPrev, órgão responsável por fornecer o auxílio emergencial, afirmou que está fornecendo um novo tempo para que os beneficiários possam contestar o auxílio emergencial. O prazo começou no dia 18 de maio e deve ir até o dia 28 de maio, que é a sexta-feira desta semana. 

Neste momento, devem contestar todos aqueles que receberam o auxílio emergencial na primeira parcela e que logo depois disso tiveram o benefício cancelado. 

- Anúncios -

Vale ressaltar que esse prazo só é válido para aqueles que tiveram o primeiro benefício aprovado e receberam a primeira parcela. Aqueles que tiveram o valor negado antes da primeira parcela e que oram negados na primeira contestação não possuem direito. 

O valor do auxílio emergencial atualmente está em R$ 150 para pessoas que vivem e estão morando sozinhas, R$ 250 para grupos de duas ou mais pessoas que vivem na mesma casa e também de R$ 375 para as mulheres que são responsáveis pelo sustento sozinho da casa e que possuem crianças ou adolescentes. 

Auxílio emergencial de R$ 500 até dezembro?

Destaques sobre *** por e-mail

Nesta semana, um dos assuntos mais falados é sobre o auxílio emergencial de até R$ 500 entretanto, isso não passa de um projeto que está em análise na Câmara e que tem poucas chances de ser aprovado. 

Vale ressaltar que a dívida pública brasileira já está em mais de R$ 5 trilhões e vem tendo novos aumentos nos últimos meses. Já foi um grande “sufoco” para que conseguissem aprovar os R$ 40 bilhões para o auxílio e, se  o valor aumentar, pode não conseguir pagar para todas as famílias. 

Os concursos públicos e provas devem parar de serem realizados visto que precisam de muitas verbas. Os professores e profissionais da saúde podem ter os salários cortados em até 20%. 

A probabilidade do projeto ser aprovado é muito pequena, quase nula. Mas os brasileiros, mesmo assim, aguardam com ansiedade pelos resultados. 

Leia mais: Brusque: beneficiários do INSS caem em golpes, saiba como se prevenir

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis