Sexta parcela do auxílio emergencial terá valor maior?

- Anúncios -

A sexta parcela do auxílio emergencial começa a ser paga no dia 17 de setembro para os beneficiários com o final do NIS 1, enquanto aqueles que recebem de acordo com o mês de aniversário começam a receber os depósitos no dia 21 de setembro. 

Uma das principais dúvidas referentes a esse pagamento é em relação à possibilidade de ter um aumento nos valores que já são pagos pelo Governo Federal atualmente, que vão de R$ 150 até cerca de R$ 375.  No entanto, devido à falta de verbas  e condições do Ministério da Cidadania em parceria com a Economia em aumentar, os valores continuam os mesmos que aqueles que já vinham sendo pagos anteriormente. 

- Anúncios -

O que acontece desde agosto é que o presidente Jair Bolsonaro vem sendo pressionado para prorrogar o programa e, assim sendo, fazer com que dure até o mês de dezembro. No entanto, Paulo Guedes argumenta que a atitude poderia ser prejudicial para a economia brasileira. 

Quando o auxílio emergencial realmente vai ser cancelado?

O auxílio emergencial será cancelado no mês de outubro para que, em novembro, entre em vigor o novo Bolsa Família que conta com aumentos de 50% em relação aos valores que são pagos atualmente. A criação do programa, que deve abranger beneficiários do auxílio emergencial que não conseguirem emprego, foi uma iniciativa do governo para aumentar a popularidade entre as zonas mais pobres no Brasil. 

Destaques sobre *** por e-mail

No mês de fevereiro, o Datafolha havia liberado uma pesquisa em que as taxas de rejeição do governo estavam em 58% nas zonas periféricas. A má reputação do presidente Jair Bolsonaro também vem crescendo entre os grupos que possuem graduação completa. 

Um dos maiores índices de queixas está entre o aumento da inflação e da dívida pública que também é acompanhado pelo preço dos combustíveis e dos alimentos. 

- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis