Auxílio Brasil: dados sobre a fila de espera são inconsistentes

Qual é o tamanho da fila de espera para o programa Auxílio Brasil? Esta é uma pergunta com resposta inconclusiva. Diferentes órgãos dão valores diferentes, e é quase impossível saber quantas pessoas estão esperando por uma vaga no projeto social do Governo Federal neste exato momento.

Segundo o Ministério da Cidadania, pouco mais de 700 mil brasileiros estavam na fila de espera. Ao mesmo passo, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) indica que já são quase 3 milhões de indivíduos nesta situação. Os dados não são comparáveis porque o primeiro se refere ao mês de maio, e o segundo ao mês de abril.

A situação se torna ainda mais nebulosa se considerarmos a situação da fila para a fila de espera. Trata-se da lista de pessoas que têm direito ao programa social, mas que por uma questão de atraso no sistema, ainda não conseguiram entrar no Cadúnico. O próprio Ministério da Cidadania informa que não faz o acompanhamento dos números.

Analistas acreditam que a confusão em torno dos dados do real tamanho da fila de espera para entrada no programa Auxílio Brasil geram um grande problema. Afinal de contas, se o Governo não sabe exatamente quantas pessoas estão passando por esta situação, será quase impossível conseguir resolver a equação.

Recentemente, o Governo Federal anunciou que conseguirá acabar com a fila de espera para o Auxílio Brasil já no próximo mês de agosto. Para tanto, eles prometem inserir mais de 2 milhões de pessoas, o que pode elevar o total de beneficiários do programa para casa dos 20 milhões dentro de mais algumas semanas.

A fila de espera para o Auxílio Brasil

Contudo, não é possível saber se o número de novas entradas será mesmo suficiente para acabar com a chamada fila de espera para programas sociais. Tomando como base os números da CNM, a resposta seria não.

Vale lembrar ainda que técnicos do próprio Ministério da Cidadania admitem que mesmo que o Governo Federal consiga acabar com a fila de espera no mês de agosto, nada garante que ela não possa voltar a se formar nos meses seguintes.

Um fenômeno semelhante já aconteceu este ano. O Governo Federal conseguiu zerar a fila de espera para entrada no programa social no último mês de janeiro deste ano. Entretanto, a lista voltou a crescer já a partir de fevereiro.

Não há nada que o cidadão possa fazer para conseguir sair da fila de espera e entrar no projeto social. Ao indivíduo, resta esperar até que o Ministério da Cidadania selecione o seu nome. Até aqui, não há data definida para isso.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER