Governo aprova consignado para quem tem Auxílio Brasil

Uma ótima notícia para quem está inscrito no Auxílio Brasil. O presidente Jair Bolsonaro, sancionou com vetos uma lei que autoriza a concessão de empréstimo consignado para os inscritos do Auxílio Brasil.

A sanção do presidente foi publicada nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial da União (DOU). Uma nota do Palácio do Planalto informa ainda que:

“A sanção, portanto, ensejará um significativo incremento do acesso ao crédito, viabilizando uma solução financeira mais eficiente à população, podendo contribuir para a retomada econômica e a preservação de empregos e renda”.

O que é empréstimo consignado?

O crédito consignado é uma modalidade de empréstimo para aposentados e pensionistas do INSS, militares das forças armadas e servidores públicos. Agora, também para os beneficiários do Auxílio Brasil.

Ao optar pelo consignado, o segurado autoriza que a instituição financeira desconte as parcelas de quitação do empréstimo diretamente do seu benefício do INSS, o que reduz o risco de inadimplência.

Dessa forma, o consignado não deixa de ser um tipo de empréstimo com garantia, já que o salário ou benefício são garantias de que o credor irá receber o valor devido. Isso explica as taxas de juros mais baixas do que as oferecidas pelas instituições financeiras convencionais, além de outras facilidades quanto ao pagamento da dívida.

Como será o empréstimo para o Auxílio Brasil?

O empréstimo consignado para inscritos do Auxílio Brasil terá uma margem de comprometimento de 40%.

Resumidamente falando, o beneficiário do programa poderá comprometer até 40% do valor do benefício com o pagamento da parcela de um empréstimo.

Por exemplo, um beneficiário que ganha R$ 400 mensalmente do benefício, poderá pedir um empréstimo em que a parcela fique em até R$ 160 por mês, comprometendo então 40% do valor do benefício com o pagamento do consignado.

Uma das grandes vantagens do empréstimo consignado é que como o mesmo possui o desconto diretamente em folha, é possível conseguir as melhores taxas de juros do mercado para crédito pessoal e ainda conseguir contratar mesmo com nome sujo, pois há baixíssimo risco de inadimplência.

A aprovação do texto também concede o empréstimo consignado para os beneficiários que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), assim como amplia a margem dos créditos consignados para aposentados e pensionistas.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER